Idaf monitora ausência de peste suína no Espírito Santo

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) está fazendo um monitoramento para comprovar a ausência da peste suína no estado. O trabalho começou em março e deve terminar em abril.

Ao todo, 80 granjas comerciais de 33 municípios serão monitoradas. Mais de 182 mil animais passarão pela avaliação dos técnicos do Instituto.

O Espírito Santo é livre da peste suína há mais de 30 anos. O trabalho do Idaf serve para garantir que essa condição permaneça.

Monitoramento

Durante os meses de março e abril de 2019, cerca de 22 profissionais do Idaf (entre médicos-veterinários e auxiliares) visitam as granjas para coletar sangue dos animais.

Os exames são enviados para análise em laboratório para comprovar a não ocorrência do vírus da peste suína.