Uma pesquisa realizada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) revela que o desvio de recursos públicos, ou seja, a corrupção, poderia gerar US$ 1 tri em impostos em todo o mundo.

“A associação empírica entre corrupção e a receita é confirmada por análises econométricas entre países, controlando o nível de desenvolvimento e outros fatores. A melhoria no Índice de Controle de Corrupção (equivalente a melhoria média para os países que reduziram a corrupção entre 1996 e 2017) é associada a um aumento de 1,2 pontos percentuais nas receitas do governo como parcela do PIB. Se esse valor é aplicado a todos os países, o impacto implícito do aumento na receita tributária total poderia ser de US $ 1 trilhão, ou 1¼ por cento do PIB global”, diz o relatório.

O relatório aponta ainda que o combate a corrupção, além de aumentar as receitas dos governos, poderia evitar desperdícios e ajudar no índice de confiança nos governos. Questões relacionadas à sociedade também foram citadas, como possível melhoria no desempenho escolar de alunos do ensino público.