A Polícia Militar, o Ministério Público de Barra de São Francisco, o Corpo Legislativo Municipal, a Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL), representantes do SindiRochas e do Corpo de Bombeiros, entre outras autoridades, se reuniram na manhã desta terça-feira (12), na sala de reuniões da Câmara de Vereadores de Barra de São Francisco, para discutirem questões que envolvem a segurança pública municipal e o desenvolvimento da cidade.

Abordaram temas como a necessidade da construção do novo terminal rodoviário de Barra de São Francisco, pois o que existe hoje não suporta mais o fluxo de passageiros e tem trago transtornos para o trânsito na região.

O comandante do 11º BPM, Ten Cel Rômulo Souza Dias, expôs a necessidade de reforma da praça central Senador Atílio Vivacqua, a fim de torná-la um lugar mais humanizado. Falou ainda da falta de pátios credenciados para o recolhimento de veículos, que tem atrapalhado a rotina do serviço operacional, falou do Programa Noite Feliz e expôs também a expectativa de implantação de um colégio militar em Águia Branca, podendo o município avaliar a implantação nesta localidade.

Na ocasião foi apresentada a minuta do projeto de implantação de um sistema de vídeo monitoramento em Barra de São Francisco, tal como existe no município de Águia Branca, o que tornará a cidade mais segura e facilitará a elucidação de práticas criminosas.

Também foi demonstrada a preocupação com as enchentes na região, destacando a necessidade de canalização dos rios que cortam a cidade. Temas como a melhora na sinalização da cidade, a construção de calçada cidadã e de ciclovias também foram debatidos no encontro.