Sede social do São Paulo, na Zona Sul de São Paulo, com piscinas e área de lazer completamente tomadas por lama — Foto: Reprodução/TV Globo

Por Isabela Leite, GloboNews

A sede social do clube do São Paulo, no Morumbi, Zona Sul da capital, precisou ser interditada devido aos estragos causados pela chuva que caiu na cidade a partir do fim da tarde deste sábado (3). Não há previsão para a reabertura do local.

Um muro desmoronou para dentro da área onde funciona o clube e um portão cedeu. A área das piscinas ficou completamente tomada pela lama, assim como a rua do lado de fora e os carros que estavam estacionados.

Espreguiçadeiras amontoadas em área tomada por lama ao lado do toboágua da sede social do São Paulo, anexo ao Estádio do Morumbi — Foto: Reprodução/TV Globo

Espreguiçadeiras amontoadas em área tomada por lama ao lado do toboágua da sede social do São Paulo, anexo ao Estádio do Morumbi — Foto: Reprodução/TV Globo

A chuva deste sábado causou alagamentos em várias partes da cidade, que ficou em estado de atenção por mais de três horas. Foram mais de 140 chamados de enchentes recebidos pelos bombeiros. O Terminal Bandeira, no Centro, chegou a ficar com embarque e desembarque impedidos porque ônibus não chegavam ao local devido aos alagamentos.

Na manhã deste domingo (3), as ruas em torno da sede social do São Paulo, no portão 7 do estádio do Morumbi, estavam completamente tomadas pela lama. Imagens aéreas deixavam visíveis os estragos no clube, anexo ao estádio, que ficou completamente marrom. Muito lixo se acumulou no local, levado pela água.

Área das piscinas tomadas por lama, nos fundos da arquibancada do Estádio do Morumbi, Zona Sul de São Paulo, na manhã deste domingo (3) — Foto: Reprodução/TV Globo
Área das piscinas tomadas por lama, nos fundos da arquibancada do Estádio do Morumbi, Zona Sul de São Paulo, na manhã deste domingo (3) — Foto: Reprodução/TV Globo

Por meio de nota, o São Paulo informou que a interdição no complexo social a partir deste domingo servirá para o trabalho de limpeza e reparos nas áreas atingidas pelo acúmulo de água.

“O Clube pede a compreensão e o apoio dos associados neste momento difícil, e informa que trabalhará intensamente para readequar as dependências do complexo social às devidas condições.”