A equipe da 15ª Delegacia Regional (DR) de Colatina prendeu, nessa quarta-feira (20), um homem de 46 anos, suspeito de abusar sexualmente de quatro crianças, sendo uma de 12, outra 11 e duas de oito anos. O suspeito foi detido em seu local de trabalho, no município.

De acordo com o plantonista da DR, delegado Ricardo de Oliveira, nessa quarta-feira (20), uma mulher compareceu a delegacia para denunciar que seus filhos de oito e 11 anos estariam sendo abusados sexualmente pelo vizinho. A mãe das vítimas começou a desconfiar dos abusos quando seus filhos apresentaram mudanças de comportamento dentro de casa e na escola.

“Além de perceber que o desempenho escolar delas teve queda, a mãe também notou que as crianças estavam mais agressivas e nervosas dentro de casa. Quando questionados, os irmãos relataram que o vizinho estaria abusando sexualmente deles. O detido prometia dinheiro e emprestar o celular para as crianças brincarem em troca dos atos libidinosos”, explicou Oliveira.

Segundo o delegado, os abusos ocorriam quando as crianças iam até a casa do detido buscar sobras de alimentos que ele trazia do trabalho.  “Ele sempre pedia a mãe das crianças para que elas fossem até a sua residência para buscar sobras de alimentos que ele trazia de seu trabalho, onde exercia a função de cozinheiro”, disse.

No mesmo dia, também foram à delegacia a mãe e o avô de outras duas crianças, de oito e 12 anos. Os dois informaram que as crianças também teriam sido vítimas do mesmo suspeito.

“O avô nos contou que, no último domingo (17), ele foi buscar o neto de 12 anos que estava na casa do detido. Chegando lá, ele flagrou o menino deitado de bruços mexendo no celular, enquanto o suspeito tentava retirar o short dele. Ao ver o avô da criança, o detido se desculpou e a criança deixou o local com o avô. Já em casa, os responsáveis conversaram com ambos os meninos, que confessaram ser abusados sexualmente pelo detido”, acrescentou.

O delegado também informou que as quatro vítimas foram encaminhadas para fazerem exames, que confirmaram os abusos. Ainda no mesmo dia, o delegado solicitou o mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito, bem como um mandado de busca e apreensão.

“Nós o prendemos no local de trabalho dele. Já na casa do suspeito, nós apreendemos cartões de memória, HD externo e um aparelho de celular. Na delegacia, Em depoimento, ele negou a prática dos abusos sexuais. Porém, depois de inúmeras contradições, confessou abusar sexualmente dos meninos há pelo menos um ano”, informou o delegado.

O detido foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina e será indiciado por estupro de vulnerável.