Rose de Freitas cobra de Ministério transparência na liberação de recursos

O pedido ao Ministério da Saúde foi formalizado e aprovado no Senado nesta semana. A senadora propõe, ainda, seminário sobre Síndrome de Down

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou requerimento da senadora Rose de Freitas (PODE-ES) que determina ao Ministério da Saúde (MS) fornecer informações sobre os limites financeiros disponíveis e a liberação de recursos para a Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar (MAC).

Nós não temos acesso a essas informações. É preciso colocar mais transparência nas atitudes governamentais, seja deste ou outro governo”, apontou a senadora em reunião da CAS esta semana.

De acordo com a o artigo 50 da Constituição, o Governo Federal é obrigado a fornecer os dados requeridos formalmente pelo Congresso Nacional.

Síndrome de Down – Determinada a priorizar Saúde e Educação, Rose tornou-se membro titular CAS. Na mesma reunião em que seu requerimento foi aprovado, a senadora propôs a realização de um seminário sobre Síndrome de Down.

“Para dar a divulgação mais ampla possível ao Brasil, para que as pessoas tomem conhecimento do trabalho que é realizado e enviem sugestões. E nos ajudem e à Vossa Excelência”, justificou, dirigindo-se ao senador Romário (RJ), presidente da CAS e pai de uma filha com Down.