45% dos brasileiros tem problemas para dormir, aponta pesquisa

Para ter uma vida saudável, dormir bem é tão importante quanto a pratica regular de exercício físico e ter uma dieta saudável, já que afeta diretamente a saúde mental, saúde física e a qualidade de vida. No entanto, 45% da população brasileira dorme mal e 52% acordam cansados, conforme a pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Neurofisiologia (SBNC).

As causas que afetam a qualidade do sono são inúmeras, tais como: ansiedade, estresse, preocupações diárias e rotina exaustiva.

“Ter uma boa noite de sono é vital, saudável e auxilia na regulação dos processos orgânicos”, destaca Ana Paula Del’Arco, nutricionista e consultora da Viva Lácteos (Associação Brasileira de Laticínios).

Se você faz parte desse grupo, saiba que pequenas mudanças no dia a dia podem ajudar a melhorar a qualidade do sono. Ter uma rotina pode fazer toda a diferença na hora de dormir, deixando-o mentalmente aguçado, emocionalmente equilibrado e cheio de energia durante o dia.

Segundo Ana Paula, a pratica regular de atividade física contribui para a qualidade do sono, já que o exercício influi na regulação hormonal, além de melhorar os sintomas de insônia e apneia. Os hábitos alimentares também desempenham um papel importante neste cenário, por isso alguns cuidados como reduzir o consumo de cafeína e substâncias estimulantes, evitar grandes volumes de refeições à noite, e limitar o consumo de álcool antes de dormir, ajudam a dormir melhor.

Lembra daquela receitinha da vovó, de tomar um copo de leite morno antes de ir para a cama para dormir melhor? Pois bem, neste caso a sabedoria popular tem bases científicas que a comprovam.

“Embora a temperatura do leite não influencie diretamente no sono, um copo de leite morno proporciona um conforto gástrico, além do conforto emocional, pois ativa as memórias afetivas da infância; somado à ação de algumas substâncias presentes nos lácteos que contribuem para um sono de qualidade”, pontua a nutricionista.

O leite é um alimento rico em proteínas, fonte riquíssima de triptofano, um aminoácido que participa da produção da serotonina, e consequentemente da melatonina no corpo humano. A melatonina é conhecida como o hormônio do sono, sendo responsável pela regulação do sono. Sua síntese depende diretamente do aminoácido triptofano, que é abundante no leite.

“Consumir alimentos ricos em triptofano aumenta a produção de serotonina e consequentemente de melatonina. Outros nutrientes também participam deste processo, como as vitaminas do complexo B, o magnésio e os carboidratos presentes nos lácteos e seus derivados”, destaca Ana Paula.

Sendo assim, existem alternativas para ter uma noite de total descanso. Tomar um copo de leite antes de dormir, além de uma rotina saudável, ajuda na qualidade do sono e contribui para melhorar sua saúde física e mental. Não se esqueça de tomar o seu hoje à noite!

*Pesquisa realizada em 2018 pela Sociedade Brasileira de Neurofisiologia (SBNC) com 22.518 respondentes de ambos os sexos.