Começaram as obras de terraplanagem para construção da barragem do rio Itaúnas, na propriedade de João Bianchini, em Barra de São Francisco.

A previsão da empreiteira, Monte Azul Construtora e Terraplanagem, é que a obra seja concluída em meados de julho, exatamente no momento em que começa o período de estiagem.

Serão investidos R$ 1,360 milhão e inundados cinco hectares de área (o correspondente a cinco campos de futebol), permitindo o acúmulo de 100 milhões de litros de água como reserva estratégica para a segurança hídrica não apenas de Barra de São Francisco.

A obra beneficia a toda a região, garantindo reforço para os tempos de estiagem, para uso na agricultura e no abastecimento humano. Tivemos que aprender com a última estiagem que castigou, principalmente, as regiões norte e noroeste do estado”, disse o deputado Enivaldo dos Anjos.

De acordo, ainda, com o parlamentar cada represa dessas conquistada “é um passo no sentido de contribuir para o enfrentamento das crises hídricas que ocorrem cada vez em intervalos menores. Uma barragem não apenas garante acúmulo de água superficial, mas também abastece o lençol freático, permitindo o aumento de fluxo em nascentes da região”.

O prefeito de Barra de São Francisco, Alencar Marim, visitou as obras em companhia dos secretários municipais de Meio Ambiente e Agricultura e disse que, além do aspecto da segurança hídrica, o lago poderá até mesmo ser utilizado com fins turísticos, como balneário, contribuindo para o lazer da população e o desenvolvimento de atividade econômica associada.