Nem só da extração de granito, vive economicamente o município de Barra de São Francisco. A Feira de Touros realizada recentemente em solo francisquense, registrou a maior média de vendas do País.

A Feira de Touros realizada pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ) e pela Prefeitura Municipal foi um sucesso. O evento bateu recorde em negócios no Brasil: dos 44 animais ofertados, 38 foram adquiridos pelos produtores. Foi a maior média de vendas do País.

Consideramos que o evento foi um sucesso devido aos resultados alcançados. Até o momento, este foi o maior número de vendas no ano. A realização desta feira traz muitos resultados positivos para Barra de São Francisco e para toda a região, devido à real possibilidade de melhoria da qualidade dos rebanhos, uma vez que os animais comercializados são touros puros e certificados”, disse João Marcos Martins Cardoso, extensionista do Incaper.

O valor total das vendas foi de R$251.100,00, uma média de R$ 6.607,89 por touro. Entretanto, conforme destacou Cardoso, o maior valor do evento não está apenas na quantia movimentada pelos negócios fechados durante a Feira. A aquisição dos animais por parte dos produtores traz enormes benefícios para a bovinocultura do município.

Ao longo do ano, o Incaper e a ABCZ realizaram quatro Feiras de Touros no Espírito Santo: em Linhares, Alegre, Mucurici e Barra de São Francisco. O gerente de melhoramento genético da ABCZ também comemorou o resultado: “A feira de Barra de São Francisco tem, até o momento, o maior número de touros vendidos em 2018, seguida pela de Barra do Garças, no Mato Grosso, com 37 animais”, disse Lauro Fraga, gerente de melhoramento genético da ABCZ e coordenador do programa Pró-Genética. Vale lembrar que o município mato-grossense de Barra do Garças é destaque nacional na criação de gado.