Foto: Lucas Calazans

Foi realizada, na última quinta-feira (27), a entrega do novo currículo do Espírito Santo, que garante as aprendizagens essenciais dos estudantes e respeita as especifidades do território capixaba, ao Conselho Estadual de Educação (CEE-ES), à União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), ao Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES) e demais autoridades que coordenam a educação capixaba.

O documento, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu) em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-ES), foi elaborado por profissionais da educação e com a população, por meio de consulta pública, trazendo propostas para a educação infantil e para o ensino fundamental e, ainda, servirá de referência para os currículos municipais e das escolas particulares.

“Hoje nos reunimos para entregarmos, simbolicamente, esse documento, que era uma das metas a serem alcançadas e conseguimos. Foi uma construção muito positiva, o Estado trabalhando com os municípios, para que a gente possa construir uma escola cada vez mais contemporânea e atrativa para os nossos estudantes. A elaboração do novo currículo traz a necessidade de um trabalho mais colaborativo dos professores, buscando que os estudantes sejam cada vez mais pesquisadores e menos ouvintes. O sistema educativo brasileiro precisa evoluir e o Espírito Santo saiu na frente”, destacou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Além disso, está prevista a elaboração de um guia de implementação do currículo nas escolas, no qual os professores passarão por uma formação com o intuito de aperfeiçoar o trabalho docente para a melhoria da aprendizagem dos estudantes. As escolas também deverão revisar seus projetos político-pedagógicos para se adaptarem às novas exigências curriculares.

A previsão é que esse trabalho seja realizado ao longo de 2019, para que, no próximo ano, as unidades de ensino já estejam preparadas para iniciar o período letivo seguinte com as novas orientações.

Novo currículo 

O novo currículo estadual segue as normativas Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que é estruturada em aprendizagens essenciais, e tem foco na formação integral dos estudantes, tendo como princípios competências, habilidades, direitos e objetivos de aprendizagens, respeitando todas as singularidades presentes na diversidade, como preceitua o Plano Nacional de Educação (PNE), a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e as Diretrizes Curriculares Nacionais.