Kyle Gordy se define como um “doador de sêmen”. Mas o material não é depositado em um banco, como seria o esperado.

Em vez disso, o americano de 27 anos “entrega o sêmen em domicílio”. Em outras palavras, Kyle engravida mulheres da forma natural: sexo. Sem compromisso.

A “missão”, que ele garante ser gratuita (exceto os custos da viagem), começou quatro anos atrás, por meio de um anúncio postado no Facebook. Desde então, Kyle já teve 18 filhos. Mas ele não quer saber das atribuições legais paternas. O acordo celebra que o americano será apenas o reprodutor.

Kyle viaja pelos EUA engravidando mulheres sem parceiros ou casadas com problemas para gerar um bebê. Ele têm filhos na Califórnia, no Colorado e no Texas. Em outros estados, o sexo não rendeu frutos.

“Sou um cara bem popular. Cem pessoas entram em contato comigo todo mês. A demanda é alta, mas não posso ajudar todos. Geralmente, eu faço doação a até cinco pessoas por mês”, disse ele, em reportagem do “Daily Mirror”.

“Quando fazemos sexo, tentamos nos divertir“, acrescentou Kyle, que não tem namorada.

Os primeiros clientes foram um casal. Eles hoje têm dois filhos: de 4 anos e 1 ano.

O americano agora quer levar o seu sêmen para o exterior. Diz estar ansioso por qualquer convite vindo do Reino Unido.