O prefeito de Nova Venécia, Lubiana Barrigueira, e o secretário de Cultura e Turismo, Anderson Sabino, receberam na manhã desta quarta-feira (12), na Prefeitura, o presidente da Agronova, Otamir Carloni, a professora de Italiano, Carmen Lúcia Pezim e a presidente da CDL de Nova Venécia, Célia Hoffmann, para falar sobre a efetivação da criação das cidades irmãs: Nova Venécia-ES e Nova Veneza-SC.

A proposta é que os municípios, que têm em comum a origem com a colonização italiana, possam se unir e firmar parcerias para o desenvolvimento de atividades voltadas para alavancar a cultura e o turismo.

Conforme Carloni, o acordo de cidades irmãs vai fortalecer os movimentos locais. “Temos aqui uma tradição italiana forte. Somos um caldeirão cultural e temos muita coisa que podemos trabalhar e que ainda está, de certa forma, adormecida. Isso pode contribuir, e muito, com movimentos culturais como o Coral Italiano, grupos de danças, aulas da língua italiana e até o início do Carnevale Di Venézia. Além disso, o acordo favorece a educação, a economia, enfim, abre uma série de opções que vão além da cultura e turismo”, diz.

Em viagem recente a Nova Veneza, Otamir Carloni e Carmen Lúcia Pezim estiveram com o prefeito, Rogério José Frigo, e com o vereador, Aroldo Frigo, onde falaram da proposta, que foi prontamente acatada e encaminhada para aprovação na Câmara local.

Segundo o secretário Anderson Sabino, o próximo passo é trabalhar no mesmo sentido em Nova Venécia. “Agora vamos encaminhar para a Câmara de Vereadores de Nova Venécia para que possamos garantir a reciprocidade das ações entre os dois municípios”, afirma.

O prefeito Barrigueira disse que a iniciativa chega em prol do fortalecimento local. “Desde já sinalizamos de forma positiva para firmarmos esse intercâmbio, o que vai proporcionar experiências e conhecimentos sociais e culturais. Vamos concretizar essa irmandade e estreitar os laços entre os nossos povos”, conclui o prefeito.

O município de Nova Veneza-SC tem 15 mil habitantes. Apesar de pequeno, o local possui grande desenvoltura cultural e turística. Como os dois municípios foram colonizados por italianos, muita coisa em comum existe entre Nova Venécia-ES e Nova Veneza-SC. Cada um tem uma igreja Matriz de São Marcos, um Santuário da Mãe Peregrina e um Hospital São Marcos, fatos que evidenciam a irmandade.

Curiosidade

Outro fato em comum entre as duas cidade é o Leão de São Marcos. Cada município tem um monumento proveniente da Itália. Porém, o que chama a atenção na história é que o primeiro foi enviado para Nova Veneza-SC, mas acabou indo parar no Porto de Vitória e de lá veio para Nova Venécia, onde se encontra até hoje. Após o extravio, outro monumento praticamente idêntico foi novamente enviado para Nova Veneza-SC. Os dois leões ficam no portal das igrejas matrizes de São Marcos de cada cidade.