O bebê foi encontrado ainda com o cordão umbilical. Uma das primeiras pessoas a ver foi a autônoma Ana Lúcia Santana, de 60 anos.

Local onde foi encontrado o corpo do bebê, em Vila Velha — Internauta

Por André Rodrigues, G1 ES

Um recém-nascido foi encontrado morto dentro de uma panela de pressão em meio a várias sacolas de lixo, em uma rua no bairro Ibes, em Vila Velha, na tarde desta quarta-feira (31). Não há informações sobre a mãe do bebê.

O bebê foi encontrado ainda com o cordão umbilical. Uma das primeiras pessoas a ver foi a autônoma Ana Lúcia Santana, de 60 anos.

Tinha um rapaz revirando lixo. Vi quando ele se assustou e pulou para trás, olhou pra mim e falou que era um neném dentro da panela de pressão. Na mesma hora ele pegou e virou a panela, mas eu falei para ele não mexer, só que ele disse que queria a panela. Ele jogou o feto no chão, nem ligou. Vi que era uma menina, bem formada“, relatou.

A Polícia Militar foi acionada, interrogou pessoas que estavam próximas e que tinham visto a cena. A perícia da Polícia Civil foi ao local e levou o corpo. A panela de pressão, segundo a moradora, foi levada pelo homem que encontrou o bebê.

A ocorrência foi registrada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e seguirá sob a investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM).

Segundo a Polícia Civil, outras informações não serão passadas, no momento, para não atrapalhar as investigações.

Denúncias que auxiliem no trabalho da policia e contribuam para identificação de suspeitos podem ser feitas por meio do Disque – Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, o sigilo e anonimato são garantidos“, informou a polícia por nota.