O projeto, desenvolvido pela Escola do Legislativo, tem o objetivo de estimular a formação política, o exercício do senso crítico e da cidadania.

Alunos da Escola Job Pimentel, de Mantenópolis. Foto: Facebook Job Pimentel

Por Karina Borgo / Ales

Atuar como deputado em uma sessão ordinária. Essa é a experiência que 30 estudantes do ensino fundamental e médio das redes pública e privada do Estado terão nesta quarta-feira (19), no Plenário da Assembleia Legislativa. Eles participam da 10ª edição do projeto Deputado Jovem, desenvolvido pela Escola do Legislativo, com o objetivo de estimular a formação política, o exercício do senso crítico e da cidadania.

Segundo a coordenadora, Renata Gorayeb Vargas, o “Deputado Jovem” é um desdobramento do projeto Escolas na Assembleia, iniciativa que já trouxe cerca de 50 mil estudantes para conhecer as atividades desenvolvidas pelo Parlamento.

Perguntamos a cada escola visitante se há o interesse em participar do Deputado Jovem. Entre aquelas que se interessam, sorteamos seis, que representam a Grande Vitória e interior do Estado, e cada uma delas seleciona cinco alunos, que serão os “deputados”. Esses alunos são “eleitos” pela própria comunidade escolar”, explicou Vargas.

As escolas participantes desta edição do projeto são Catharina Chequer (Vila Velha); Hildebrando Lucas (Vitória); Hunney Everest Piovesan (Cariacica); Monsenhor Guilherme Schmitz (Aracruz); Coronel Antônio Duarte (Iconha); Job Pimentel (Mantenópolis).

Cerca de três meses antes da vinda à Assembleia para a simulação da sessão ordinária, os estudantes selecionados elaboram, em conjunto com as escolas, um projeto de lei baseado nas necessidades apontadas pela comunidade escolar.

Ao chegarem, os estudantes participam de um treinamento, almoçam, “tomam posse” como deputados e em seguida participam da sessão ordinária simulada, que segue todos os ritos de uma sessão plenária, com leitura e votação do Expediente; Fase das Comunicações; Ordem do Dia, que é o momento da discussão e votação dos projetos de lei elaborados pelos estudantes; e Grande Expediente.

A Escola do Legislativo encaminhará todos os projetos de lei apresentados na sessão simulada à Mesa Diretora da Assembleia para serem analisados, a fim de se tornarem proposições em tramitação.

Job Pimentel no 7 de setembro

A Escola Job Pimentel participou do desfile com um grupo de 45 alunos representando a ação Formação de Liderança do Programa Jovem de Futuro.

Considerando a importância da representatividade da Escola no evento aliado a necessidade de não interromper o curso natural do processo ensino aprendizagem, foi utilizado a estratégia de conscientização dos alunos para representar a Instituição, sem a oferta de atribuição de pontos e folga anterior ou posterior.

As fotos registradas é o olhar de uma aluna do grupo no decorrer do evento.