Uma audiência realizada na última quinta-feira, 8 de março, a Juíza auxiliar de precatórios do TRT – Tribunal Regional do Trabalho, Denise Alves Tumoli Ferreira, garantiu a liberação de parte dos valores bloqueados em um processo de precatório trabalhista, de 2011.

Segundo o prefeito Alencar Marim, em vídeo publicado nas redes sociais, a sinalização de que o desbloqueio seria feito aconteceu após a explicação da situação e dos prejuízos causados. A Juíza então noticiou o desbloqueio de R$ 6 milhões (dos R$ 7,7 milhões bloqueados inicialmente), programados para pagamento dos servidores e outras despesas essenciais, como: merenda e transporte escolar.

Pois bem, a liberação do dinheiro era aguardada desde o anuncio feito pelo prefeito na semana passada, mas questões burocráticas dos bancos “travou” a efetivação do pagamento.

Após muitos boatos, dando conta inclusive que o pagamento só sairia no próximo dia 21, a situação foi enfim resolvida graças ao empenho de servidores públicos, as transferências foram feitas e os salários já estão disponíveis nesta quinta-feira (15).