Um antigo sonho da população da região Noroeste do Espírito Santo pode ser realizado ainda em 2018.

Pacientes que necessitam fazer tratamento contínuo de insuficiência renal vão ganhar um Centro de Hemodiálise, que será implantado em Barra de São Francisco.

Nesta terça-feira, 20 de março de 2018, o Secretário Estadual de Saúde, Ricardo Oliveira, disse que o Estado assegura a prestação de serviço em Barra de São Francisco se houver um empreendedor disposto a montar um Centro de Hemodiálise.

Esta é a melhor notícia que os moradores da região podem ter nesse momento, pois o sofrimento da população é muito grande.

Diariamente, centenas de pessoas têm que se deslocar para Colatina ou Vitória para fazer hemodiálise. Isso é acrescentar dor a quem já sofre com o problema de saúde.

A prefeitura municipal de Barra de São Francisco deve ceder o prédio para o médico ou grupo que aceitar o desafio de oferecer a hemodiálise em Barra de São Francisco. Essa será a contrapartida para compensar o investimento e vai beneficiar não apenas a população francisquense, mas de toda a região.

Pelo menos 120 pacientes fazem hemodiálise, somando Ecoporanga, Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Águia Branca e Mantenópolis, além de, pelo menos, 50 outras pessoas do leste de Minas, nos municípios próximos à divisa de Estados e que utilizam os serviços garantidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Semi-UTI Móvel é outra necessidade dos moradores e que pode ser atendida em breve, conforme assegurou o secretário Ricardo Oliveira: uma Semi-UTI Móvel para atendimento de emergência, centralizada no Hospital Dr. Alceu Melgaço.

Políticos pegam carona

O anúncio no entanto não pode ser considerado uma conquista completa, por ainda depender de um investidor. Mesmo assim, diversos políticos estão se aproveitando da situação e tentando de todas as formas aparecer como responsável pelo Centro de Hemodiálise na cidade.

Por ser ano eleitoral, há uma grande preocupação do assunto fique só na promessa, já que nos últimos anos a demanda já existia e nenhum político conseguiu resolver o problema.

Aproximando a eleição, promessas vêm à tona, mas sem previsão de serem cumpridas.

Veja também:

Ano eleitoral faz chover emendas e indicações de políticos em Barra de São Francisco e cidades vizinhas