As inscrições para os processos seletivos de estágio para o Ministério Público do Trabalho no Espírito Santo (MPT-ES) e para o Ministério Público Estadual (MP-ES) estão abertas. Nos dois casos, as oportunidades são para cadastro de reserva.

Confira mais informações:

MPT-ES

As inscrições gratuitas estão abertas até esta terça-feira (28), para a seleção de estagiários da Procuradoria Regional do Trabalho da 17ª Região (PRT17), em Vitória. Podem participar alunos do curso de administração. Confira o edital.

Entre os pré-requisitos para a inscrição estão: estar matriculado em uma das instituições de ensino superior conveniadas com o órgão, conforme edital, e ter concluído, pelo menos, 40% da carga horária do curso superior até o momento da inscrição.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site, anexando todos os documentos necessários, conforme edital, até às 14h do dia 28 de novembro.

O processo seletivo consiste na aplicação de provas objetivas e/ou discursivas de caráter eliminatório e classificatório. As avaliações contarão com questões de conhecimentos específicos do curso, conforme edital. A data provável de aplicação da prova será no dia 5 de dezembro, das 14h às 17h. O local será divulgado no site da PRT17 após a homologação das inscrições.

A carga horária do estágio será de 20 horas semanais, distribuídas, preferencialmente, em quatro horas diárias. Essa carga horária poderá ser estendida até o máximo de seis horas diárias. O valor da bolsa de estágio é de R$ 850, com auxílio-transporte no valor de R$ 7 por dia estagiado.

MP-ES

As inscrições também são gratuitas e ficam abertas até o dia 3 de dezembro. A seleção é para estagiários do curso de direito, com bolsa de R$ 800 com acréscimo de R$ 100 de auxílio-transporte. A carga horária é de 20 horas semanais. Confira o edital.

O cartão de inscrição é gerado a partir da confirmação dos dados cadastrais no momento da inscrição. As vagas em cadastro de reserva são para estágio nas Promotorias de Justiça de vários municípios do estado.

A seleção será feita por meio de prova objetiva, com 10 questões de língua portuguesa e 20 da área de direito. Ela será aplicada no dia 13 de dezembro, das 14h às 16h30, em local que seja divulgado dois dias antes da avaliação.