foto-01Quando fazemos o bem, as estrelas brilham reluzentes. Uma singela história, de uma menina que caminhando ia com amor ajudando as pessoas até que ao final da noite ser vestida por estrelas do céu.

Assim iniciou-se as atividades na manhã deste 03 de dezembro de 2016, realizadas na Sede do Difusão Cultural Atibaia, por meio de uma linda história contada pela Arte Terapeuta Solange Calvalcanti e a com presença do Cineasta e Cineclubista Luciano Guimarães de Freitas, que ao seguir das atividades apresentaria o filme “Vida Saudosas Lembranças” filmado no Município de Águia Branca.

Veja mais sobre cineclube na região

O Convite para ir a São Paulo, veio do Grupo Acolher & Viver, também localizado na Estância de Atibaia, sendo um grupo de ajuda mútua formado por pessoas que passaram pela perda gestacional ou neonatal, e que se reúnem mensalmente para compartilharem experiências e se auxiliarem no processo de luto. Tendo por objetivo oferecer apoio e profissionais que vivenciaram uma perda gestacional (precoce ou tardia) ou neonatal, promovendo ações educacionais perante a sociedade e quebrando o tabu sobre o tema “luto”, possibilitando uma melhor elaboração do luto por aqueles que passaram pela perda. E ainda estimulando a cura de todas as questões que envolvem a perda através da arte-terapia.

foto-02

As atividades contaram com apoio do Cineclube da Difusão Cultural Atibaia, entidade que cunho cultural e social, que desenvolve diversas atividades culturais e sociais no Município de Atibaia-SP, desde oficinas com bonecos gigantes, bazar de artesanatos, cineclube, arte terapia, e atividades voltadas para a terceira idade e ações de formação em comunidades. A Difusão além de realizar a Mostra Regional de Curta em Atibaia, também é realizadora do FAIA – Festival de Audiovisual Internacional de Atibaia.

foto-04No ano de 2017 a Difusão Cultural Atibaia é anfitriã da 30ª Jornada Nacional de Cineclubes, evento que irá reunir cineclubes de diversas regiões e Estados brasileiros para uma semana de filmes e debates sobre o Movimento Cineclubista Brasileiro.

Segundo Luciano, o evento foi lindo e sensível, e o convite se deu a partir da apresentação do filme no Canal Futura. Quando a facilitadora do Grupo Acolher & Viver, Carolina Costa, juntamente com o seu esposo Leandro da Costa, assistiram ao filme apresentado no Canal Futura, e entraram em contato com o cineasta para exibir o filme internamente para o Grupo. Então, por meio de articulações e apoio da Difusão Cultural Atibaia, foi desenvolvido o 6º encontro do Grupo Acolher & Viver com atividades de arte-terapia, apresentação do filme e confraternização.

foto-03Comenta Luciano conosco sobre as atividades e apresentações: “Não há palavras suficientes que expressem a sinergia que há na vida, quando você se encontra com o próximo, e juntos descobrem que podem dar o seu melhor para vida e para o outro. A espiritualidade transcende a religiosidade do indivíduo, quando você num espaço mútuo e coletivo da vida, percebe a presença de Deus nas pessoas. Quando conseguimos nos relacionar conosco, com o outro e com Deus da compreensão de cada um. Este nosso primeiro documentário nos ensinou isto, desde as filmagens no Município de Águia Branca, tudo aconteceu assim. A equipe e os personagens, foram se encontrando em cada troca e fala na confecção do filme. Embora o filme, não tenha circulado por muitos festivais de cinema, tivemos a felicidade de participar da Mostra de Produção Independente da Associação Brasileira de Documentaristas e Curtametragista e estamos ainda concorrendo para ser exibido no Festival de Curtas em Portugal, FiKE, no ano de 2017.

Mas entendo, que o maior prêmio que recebemos, foi a identificação e emoção que ele gerou nas pessoas, ao lidarmos com um tema tão comum e pouco falado, que é o luto da perda, que com tempo é superada pelas saudosas lembranças que temos do outro em nossas vidas.

fotos-05Ao estarmos em Atibaia, entendemos que o filme cumpriu a sua trajetória e papel ao qual nos propomos, tenho convicção de que não vim a Atibaia apenas apresentá-lo, mas os momentos com os membros do Grupo Acolher & Viver reencontro com os integrantes da Difusão Cultural, em cada fala de carinho que ouvimos dos participantes do evento após o filme, tenho fé de que vim buscar uma mensagem, e não apenas trazê-la. Retorno para o Espírito Santo, reoxigenado, depois destes sensíveis momentos, creio, que nada será como antes.

Tenho gratidão a Deus, a este momento único que pude vivenciar em Atibaia, e a tudo que a participação no Revelando os Brasis V me proporcionou de crescimento na vida, principalmente em momentos difíceis que passei em 2014 e 2015, agora é nos entregarmos e confiar, que venha 2017! Há momentos de reconstrução no ser humano, que só a arte e a cultura podem proporcionar, por isso que continuamos a sonhar em contribuir para o desenvolvimento cultural em nossa região, e lutamos para que os adolescentes e jovens possam ter acesso à cultura, a formação do olhar, ao encontro entre si e a pluralidade de expressões que nos traz a arte.

Nada teria acontecido, se não houvesse existido nesta trajetória, Luciene Nery, Carlos Nery, Carlos Modesto, Silfarley, Dona Italina, José Carlos Modesto, Juce Modesto, José Meteco, Luiz Carlos Cuerci Fesdeszen, Patrícia Cortês, Marialina, Simony Sirqueira, Beatriz Lindenberg, Bruno Cabús, Mariza Teixeira, Antônio Claudino de Jesus, Vera Lúcia Guimarães, Vanda Lúcia Vitorino, Alexandre Barcellos, Lorena Louzada, Francisco Neto, Huemerson Leal, Tio Geraldo Belinelo, Nicole Kubli, Ya Kov e tantos outros, tantos outros nomes, que sempre estarão nas nossas mais Saudosas Lembranças.

Gratidão ao SiteBarra, por mais esta cobertura… Esperamos produzir mais tantos outros eventos em 2017, nossas felicitações…”

O evento em Atibaia contou realizado pelo Difusão Cultural Atibaia e Grupo Acolher & Viver, contou ainda com apoio do Cineclube Olegário Martins, Projeto Olhares Perspectivas para o Desenvolvimento, situados no Município de Água Doce do Norte, e do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros.

Se alguma escola ou Município desejar exibir o filme, ou , saber mais sobre como montar um cineclube em sua cidade, basta entrar em contato com Luciano Guimarães, pelo e-mail lucianoprodcultural@gmail.com ou pelo facebook:

https://www.facebook.com/luciano.guimaraesdefreitas.7

fotos-06