Por Valmer Simões

Os militares fizeram o acompanhamento ao veículo e o abordaram na praça central de Água Doce do Norte.

img_6846-768x445Na noite de quinta-feira, 10 de novembro de 2016, um grupo taxistas compareceu na sede do 11º BPM e relatou, que o colega de trabalho, Josemar Gomes de Oliveira, havia aceitado uma corrida aproximadamente no horário de meia noite.

De acordo com o relato dos companheiros, três indivíduos, suspeitos, que aparentavam ter usado entorpecentes, solicitaram a corrida com destino ao distrito de Governador Lacerda de Aguiar (Rio Preto), Água Doce do Norte-ES.

Ao receber a denúncia, o COPOM do 11º BPM fez contato com os policiais militares lotados naquele distrito, e com a 2º CIA de Ecoporanga-ES e informou-os sobre os fato ocorridos na área do Batalhão.

Incansavelmente os policiais militares, sargento Matias e soldado Araújo saíram a procura do taxista, por volta das 06h da manhã foram informados que havia passado um táxi com as características do veículo que estava sendo procurado, e nele haviam três pessoas.

img_6854-768x495Na delegacia, Luciano fez pose para foto.

Os militares fizeram o acompanhamento ao veículo e o abordaram na praça central de Água Doce do Norte, realizaram a detenção dos abordados e iniciaram abusca na tentativa de localizar o legítimo condutor.

Ao abrir o porta malas os policiais encontraram o senhor Josemar, com vida e sem ferimentos.

Josemar informou que há aproximadamente quatro horas havia sido colocado dentro do porta malas do veículo. Não sabendo informar o destino tomado antes pelos sequestradores. Informou ainda que ao aceitar a viagem e tomar destino a Água Doce do Norte-ES, no percurso, em Rio Preto, o acusado Lucas Félix disse pra ele, “perdeu”, dando a impressão de estar armado, e o colocou no porta malas, assumindo a direção do veículo.

img_6847Ao serem abordados pela PM, o Lucas informou que havia ido a cidade de Nova Belém/MG, e eles haviam usado entorpecentes a noite toda, e estava retornando com destino a São Mateus/ES, que só queria o veiculo. Informaram ainda já terem diversas passagens pela polícia, mas que a mãe Justiça sempre os devolvem para fazerem novas vítimas nas ruas.

Lucas Félix de Assis, 21 anos, Luciano dos Santos Souza, 20 anos e Luan Cafeu Rissi, 19 anos,  foram conduzidos para o DPJ de Barra de São Francisco-ES, e entregues ao delegado de plantão para serem  autuados na forma da Lei.

Os policiais realizaram um bom e belo trabalho, diga-se de passagem merecedor de elogio, que além de salvar a vida de Josemar, ainda prenderam os meliantes e recuperaram a ferramenta de trabalho de Josemar.

img_6850 img_6849 img_6848