SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+13903281_1054894414564228_6403658797868605120_n0Em 15 de agosto de 1953, um incêndio abalou os moradores em Barra de São Francisco.

Hoje, 63 anos depois, uma das famílias que viveu os momentos terríveis, relembra o dia.

A Casa Vieira, na Av. Jones dos Santos Neves,  no centro da cidade, pegou fogo. Na Casa Vieira vendia-se pólvora. Faíscas de um cachimbo de um cliente caíram sobre a pólvora e causou a explosão. Várias pessoas ficaram feridas, algumas faleceram dias depois devido a queimaduras.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+ca98b5e4-a110-47aa-9868-60a2317b20d80Vários integrantes da Família Hartvig estavam no local. Mábia Hartvig conta a história que ainda hoje continua viva na memória de seu pai, Waldemiro Hartvig, conhecido por Walda Rati, que hoje tem 75 anos.

Meu avô Germano, meus tios e tias, inclusive meu pai, com apenas 12 anos de idade, estavam no local. Devido a explosão, meu pai foi arremessado para o outro lado da rua”, contou ao SiteBarra Mábia Hartvig, que relata agora a história da sua família e que marcou muitas pessoas na cidade.

Hoje, no local da Casa Vieira, funciona a MegaLar.