902-1O promotor Luiz Carlos de Vargas, assessores especiais, os vereadores Valézio Armani (PSD) e Zé Valdeci, e a polícia militar, fizeram uma verdadeira limpeza no pavilhão da saúde municipal em Barra de São Francisco.

De acordo com a denúncia de Valézio, vários pedidos de exames estavam armazenados no pavilhão, para atender vereadores e pré-candidatos a vereadores ligados à administração municipal. Segundo consta, os pedidos de exames dão preferência às pessoas que procuram os pré-candidatos, deixando sem atendimento quem não recorre a eles.

Durante toda a tarde desta terça-feira, 28 de junho de 2016, a equipe esteve juntando provas, fotografando e documentando todo o material. Será oferecida denúncia contra todos os vereadores e pré-candidatos identificados pela promotoria de justiça de Barra de São Francisco.

Em um armário, na secretaria municipal de saúde, o promotor encontrou pacotes e mais pacotes cheios de pedidos para liberação de marcação de exames, solicitados pelos vereadores, Tiãozinho da Colina, Jessui da Cesan, Antônio Morais, Carlim da Dengue e Camatinha.

900-1Foram encontrados ainda pelo representante do MP, nomes de pré-candidatos a vereadores Obedes Martins, Reinaldo Neri, Tati, Roque e Adilson Perninha.

Na manhã desta mesma terça-feira, o vereador Valézio Armani tentou filmar o esquema montado no pavilhão para beneficiar pré-candidatos. Segundo o vereador, o ex-vereador Paulo Roberto Valli, conhecido por Pisiu, estava no local e tentou o agredir. A polícia militar foi acionada e confeccionou o Boletim de Ocorrência. Em sua defesa, Pisiu disse que não agrediu Valézio.

Logo mais informações

Leia também:

Tentativa de agressão a vereador leva promotor e polícia ao Pavilhão da Saúde em Barra de São Francisco

901-1