MOVIMENTO POLÍTICO FRANCISQUENSE LANÇA A “PROFESSORA JANETE CAVALCANTE” COMO PRÉ-CANDIDATA A PREFEITA EM BARRA DE SÃO

Professora JANETE CAVALCANTE poderá ser candidata à prefeita em Barra de São Francisco nas eleições municipais deste ano

 

Janete CavalcanteAnalisando a atual conjuntura política em Barra de São Francisco, um movimento político da cidade vem indicando o nome de JANETE CORTES DE SOUZA CAVALCANTE (a “professora JANETE CAVALCANTE”), para disputar o cargo de prefeito municipal nas eleições de 2016.

O nome da professora JANETE CAVALCANTE tem sido bem aceito por diversos seguimentos sociais, por ser uma opção nova na política local: UMA MULHER CANDIDATA AO CARGO DE PREFEITO DE BARRA DE SÃO FRANCISCO.

JANETE é formada em pedagogia e pós-graduada em Educação Infantil; é professora da rede municipal de ensino há mais de 30 anos, e sempre trabalhou com projetos sociais.

A professora é casada com o ex-prefeito de Barra de São Francisco e atual contador da Câmara Municipal, Waldeles Cavalcante; é mãe do oficial das Forças Armadas / tenente da Aeronáutica TÁSSIO CAVALCANTE, e da arquiteta MARIANE CAVALCANTE.

Na época em que Waldeles foi prefeito, JANETE coordenou o projeto “Espaço da Alegria”, responsável pelo desenvolvimento de trabalho social com crianças e adolescentes carentes, tais como atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, dentre outras. JANETE também trabalhou muitos anos no “bairro Colina”, lecionando para crianças pobres na creche Brasilino Malaquias de Moraes. Atualmente é professora na creche Raul Gonçalves Neto, localizada no bairro Cruzeiro, em Barra de São Francisco.

A professora JANETE CAVALCANTE é filiada ao Partido Social Cristão (PSC) há vários anos.

O nome do ex-prefeito Waldeles Cavalcante também está sendo cotado para entrar na disputa à cadeira do Poder Executivo municipal, mas disse que abre mão de sua candidatura para apoiar a esposa, por acreditar que as mulheres podem e devem ter maior participação na política, ocupando um espaço que também é delas por direito.

Em nosso município nunca tivemos a oportunidade de eleger uma prefeita. Algumas cidades vizinhas na nossa região, e tantas outras Brasil afora, estão sendo administradas por mulheres, as quais provaram que têm capacidade suficiente para administrar muito bem qualquer instituição, seja ela pública ou privada. Por isso acho que as mulheres podem e devem participar da vida política, ocupando um espaço que também pertencem a elas por direito. Na maioria das vezes têm mais competência e habilidade que nós homens. Sobram talentos a elas!“, afirmou Waldeles Cavalcante ao SiteBarra.

JANETE CAVALCANTE é uma pessoa muito querida e respeitada por todos os seguimentos da sociedade, tem um passado limpo, nunca praticou qualquer ato que desabone a sua conduta, sendo considerada uma pessoa íntegra, honesta e equilibrada; possui excelente relacionamento com as pessoas, muito carismática e tem grande capacidade de liderança.

A pré-candidatura da professora JANETE tem sido vista com bons olhos no meio educacional (professores) e perante toda a classe de servidores públicos em geral, por acreditarem que com sua eleição seriam melhor valorizados. “Hoje a classe de servidores do Município de Barra de São Francisco se encontra desvalorizada, humilhada, menosprezada, perseguida; sequer reposição salarial tivemos este ano“, disse um funcionário da prefeitura ao SiteBarra, que não quis que seu nome fosse mencionado com medo de retaliação política [segundo ele sabe de vários casos de colegas servidores que vêm sendo perseguidos pelo atual prefeito LUCIANO PEREIRA], mas garantiu que seu voto será de JANETE caso ela realmente venha a ser candidata ao cargo de prefeito.

 

Cenário

Hoje Barra de São Francisco possui 02 (dois) nomes certos para a disputa eleitoral este ano (2016): LUCIANO HENRIQUE SORDINE PEREIRA (DEM), atual prefeito municipal; e ALENCAR MARIM (PT), ex-secretário municipal da Ação Social.

Há também outros nomes como pré-candidatos: Juvenal Calixto (SD), Paulinho da Ótica (PSDB), Mauly Martins (PSC), Demerci da Maqnorte (PSD) e Valmiro Saar (PSB).

Em sua vida política LUCIANO responde a vários processos por improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, envolvendo acusações de corrupção, perseguições, etc. LUCIANO já mostrou a que veio, demonstrando que – assim como seu pai [o ex-prefeito EDSON HENRIQUE PEREIRA] – não possui habilidade para administrar e suas intenções não são boas. O prefeito LUCIANO passou praticamente toda a sua administração sem conquistar avanços sociais, deixando o último ano de seu mandato para realizar algumas “obras eleitoreiras”, visando unicamente sua reeleição. Reeleito, muitos apostam que LUCIANO nada mais fará por Barra de São Francisco, uma vez que não poderá participar de outra eleição municipal para prefeito. Acreditam que LUCIANO atenderá tão somente seus interesses pessoais e os particulares de seu grupo político. LUCIANO ainda corre o risco de ter seu mandato cassado pela Justiça a qualquer momento em razão dos inúmeros processos a que responde.

Vale lembrar que nas últimas eleições (2014) o pai do prefeito LUCIANO, o ex-prefeito “Edinho”, foi candidato a deputado estadual mas seus votos não foram computados por ser “ficha suja”. EDINHO COM O APOIO DE LUCIANO ENGANOU SEUS ELEITORES, os quais jogaram seus votos no lixo!

Muitos que acreditaram em Edinho e Luciano nas eleições passadas estão afirmando que não deixarão se enganar desta vez; e que a desonestidade, a prepotência, a arrogância e as perseguições  de LUCIANO terão reflexo nas urnas este ano.

ALENCAR não responde a nenhum processo na Justiça, mas por conta do seu partido (PT) poderá enfrentar muita dificuldade para emplacar uma campanha eleitoral, principalmente diante do quadro da crise política nacional que o PT vem enfrentando com o impeachment da presidente da República Dilma Rousseff (PT).

Jante CavalcanteA Professora JANETE CAVALCANTE serviria como nova opção, alguém que tem competência e experiência suficientes para defender as classes menos favorecidas, e promover o crescimento e desenvolvimento social. Ficha limpa, sem rejeição, conhecida na cidade e no interior, boa esposa e mãe de família, excelente profissional, JANETE teria apoio do grupo de comerciantes, dos professores, servidores públicos em geral, e teria como principal meta para emplacar sua candidatura fazer composição com as lideranças ligadas ao campo (zona rural).