602Mantenópolis entrou em fase de extremo risco de sofrer de uma grave epidemia das doenças decorrentes do vírus produzido pelo mosquito Aedes aegypti. E, ao que parece, o fato decorre principalmente da inexplicável negligência do poder público municipal, haja vista a situação ocorrente na atualidade em que as áreas públicas estão se destacando como grandes hospedeiras das larvas do mosquito.

No dia 17/02/2015 a Promotoria de Justiça de Mantenópolis procedeu a uma verificação, por amostragem, da situação ocorrente nos espaços públicos da sede do município e o resultado se mostrou deprimente e assustador.

Assustadora foi também a constatação da elevação do número de notificações de suspeitas de contaminação, na sétima semana do ano de 2016, quando ocorreram 101 notificações. O histórico do ano de 2016 em Mantenópolis demonstra que nas três primeiras semanas dos anos ocorreram ZERO notificações, tendo ocorrido QUATRO notificações na quarta semana e TRÊS na quinta semana.

Na sexta semana o número de notificações subiu para DEZESSEIS, sendo que na sétima semana de 2016, o número de notificações explodiu para CENTO E UMA, o que totalizam 124 notificações no ano de 2016. As notificações subiram 530% da quinta para a sexta semana de 2016 e da sexta para a sétima semana de 2016, o índice de aumento foi 630%.

Do total de notificações ocorridas no ano de 2016, DOZE casos suspeitos já tiveram os exames concluídos, quando foram confirmadas SEIS contaminações. Portanto, o que se faz assustador é que, do total de suspeitas já examinadas, CINQUENTA POR CENTO (50%) foram positivados.

MINISTÉRIO PÚBLICO

No mês de DEZEMBRO/2015 a Promotoria de Justiça de Mantenópolis emitiu notificação direcionada à população em geral, bem como ao poder público, alertando e cientificando de que todas as ações e omissões decorrentes do uso indevido dos imóveis domiciliares, comerciais, industriais e baldios, assim como dos bens públicos e de uso comum, tanto da zona urbana quanto na periferia desta, PODERIAM ser alvo de ações investigativas e repressivas.

Ficaram NOTIFICADOS, também, todos os agentes públicos que, no âmbito do município de Mantenópolis, tenham atribuições voltadas à gestão da saúde, da regularidade sanitária e da incolumidade física e psíquica das pessoas em geral, para que documentem todas as irregularidades constatadas, comunicando-as oficialmente à Promotoria de Justiça de Mantenópolis.

A Promotoria informou que até o presente não recebeu qualquer comunicação e informação por parte de qualquer órgão ou agente público, mas decidiu fazer uma verificação e os resultados constatados preliminarmente são estarrecedores, tanto pelos números quanto pelas imagens constatadas.

601 6001