movimentação-de-terra-em-são-gabriel-da-palha-300x169Nessa segunda-feira (19), a Polícia Militar Ambiental (BPMA) registrou crimes ambientais no município de São Gabriel da Palha. Mais de 4.000 m² foram danificados com a construção ilegal de poços escavados e a movimentação irregular de terra. Os infratores responderão por crime contra o meio ambiente.

Após denúncias anônimas sobre degradação, os militares estiveram em uma propriedade na localidade de Córrego São Sebastião, zona rural de São Gabriel da Palha, e constataram a ampliação de dois poços escavados de forma ilegal. A obra causou um dano de 4.030 m² em área de preservação permanente visto que está localizada próxima a um olho d’agua.

Já no bairro Mirante, a guarnição verificou uma movimentação de terra com a utilização de escavadeira e caminhão para transporte do material. A atividade foi paralisada, pois não estava licenciada pelo órgão ambiental. O volume de terra já removida era de aproximadamente 5.000 m³.

Como as atividades não estavam licenciadas foi feito boletim de ocorrência ambiental para cada caso, que serão encaminhados aos órgãos ambientais, juntamente com relatório fotográfico das ações. A pena prevista para o crime de realizar obra potencialmente poluidora sem autorização do órgão ambiental é de detenção de um a seis meses e multa.