10536659_1517993131751625_8496418802356071602_xxxoO Juiz de Direito José Borges Teixeira Júnior julgou procedente o pedido de Edinho Pereira, extinguindo o feito da resolução do mérito, na forma do Art. 269, Inciso I do CPC e declarou nulidade do Decreto Legislativo 003/2007, da Câmara Municipal de Barra de São Francisco, que reprovou as conta do então prefeito Edson Henrique Pereira, referente ao exercício de 2005.

Conforme consta na defesa, Edinho teve as contas rejeitas pela câmara municipal, mas ão teve o direito de exercer o contraditório e ampla defesa.

Com a decisão, Edinho confirma a candidatura a deputado estadual, que será lançada oficialmente nesta sexta-feira, 29 de agosto de 2014, no Sindicato Rural Patronal, em Barra de São Francisco.

Durante toda a manhã desta quarta-feira, os correligionários de Edinho comemoram a decisão com foguetório na cidade.


SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+digitalizar00640SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+digitalizar00660