Após assassinar o jovem L.G.S., 18 anos, os militares do 2º Batalhão prenderam o suspeito do crime identificado por W.N., de 21 anos conhecido por “Leitão”. O crime ocorreu em frente a um bar, localizado no bairro Rúbia, na tarde de sábado (15).

Um grupo de jovens estava reunido em frente ao estabelecimento, quando o acusado se aproximou e de posse de um revólver, efetuou quatro disparos em direção da vítima e fugiu do local. A vítima foi socorrida, vindo a óbito posteriormente devido à gravidade dos ferimentos. Ele foi atingido por três disparos na cabeça.

Após o crime os militares da radiopatrulha, Agentes do Serviço de Inteligência (P/2) e do Grupo de Apoio Operacional (GAO), realizaram buscas, quando localizaram o suspeito.

Ao ser detido, W., contou aos policiais que ele estava escondido numa mata próxima da cidade, quando foi surpreendido por dois homens montados numa motocicleta que tentaram matá-lo. Ele saiu correndo gritando por socorro pelas ruas do bairro Rúbia, quando foi abordado e preso pela PM.

Com a prisão do acusado, os Militares foram a casa dele e apreenderam nove munições de calibre 22, entretanto, a arma do crime não foi localizada. Ele foi conduzido ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de São Mateus, onde foi autuado em flagrante delito.

W., já tem passagens pela Polícia por tráfico de drogas, e de acordo com levantamentos ele é suspeito de ser um dos chefes do tráfico no bairro Rúbia.