Um novo movimento na internet está ganhando força na região Sudeste do Brasil:  o “$urreal – Não Pague”. O objetivo dos organizadores é denunciar os preços abusivos em alguns estabelecimentos comerciais. surreal-1267782
Tudo começou em São Paulo com o grupo “BoicotaSP” criado em abril do ano passado e tem mais de 64 mil curtidas. No rio um webdesigner criou a moeda “$urreal”, com a imagem do pintor surrealista Salvador Dalí – uma forma irônica de protestar contra o valor abusivo de alguns produtos.

 

A partir daí foi criada a página “Rio $urreal” que tem 140 mil curtidas. O movimento chegou a Minas Gerais com a página “BH $urreal” com mais de 28 mil curtidas, e agora ao Espírito Santo, com ES $urreal. A página ultrapassou mil curtidas em apenas sete dias.

A página foi criada pelo analista de sistema Gil Henrique, de 36 anos, que há cinco anos mora em Belo Horizonte, Minas Gerais, e pelo economista Bruno Rosa Fernandes, de 35 anos que mora em Vitória. Os amigos querem mostrar os locais onde preços de produtos e serviços são cobrados com valores muito altos. Os capixabas que aderirem a ideia ajudam postando na página fotos de cardápios com preços que não consideram justos.

 

Surreal

 

Fonte: Gazeta online