Raio Cristo RedentorO padre Omar Raposo, reitor do santuário do Cristo Redentor, informou nesta sexta-feira (17), em entrevista à “Rádio Globo”, que a mão direita da estátua símbolo do Rio de Janeiro foi danificada por raios.


Deslizamentos e inundações – O deslizamento de materiais sólidos em terrenos inclinados (encostas) causa desabamentos e soterramentos. Em morros urbanos, os deslizamentos vêm ocorrendo com frequência devido ao crescimento desordenado das cidades. Já a inundação é o transbordamento da água de rios ou o acúmulo de água nas ruas após fortes chuvas, em cidades com sistema de drenagem ineficaz ou insuficiente Edilaine Cunha/Arte UOL

Na noite de quinta (16), um temporal atingiu a cidade, causando o fechamento do Aeroporto Santos Dumont, no centro, a paralisação de linhas de trem e de metrô e falta de luz em vários bairros. Segundo o padre Omar, o Cristo foi atingido por raios.

“O negócio foi feio ontem lá. Vamos restaurar a mão direita do Cristo. Dizem que raio não cai no mesmo lugar duas vezes, mas lá caiu, viu”, afirmou o religioso. “Cai muito raio na floresta, e a gente às vezes tem que evacuar a área com muita agilidade, para que não haja risco para os turistas.”

Transtornos

A chuva deixou toda a cidade em estágio de atenção e a bacia de Jacarepaguá, a zona sul e a Baía de Guanabara em estágio de alerta.

A Linha 2 do metrô foi fechada, porque os trilhos ficaram alagados e um trem foi avariado. O MetrôRio chegou a estender a sua operação até a 1h de sexta-feira.

A Light informou que o fornecimento de energia em Botafogo, Jardim Botânico, Grajaú, Gávea, Santo Cristo, Engenho Novo, Ilha do Governador, Campo Grande, Jacarepaguá e Nova Iguaçu foi interrompido devido a queda de árvores e objetos sobre a rede.