Artigo enviado por Gabriel Max 

1-Vasco-FluApós o fim do Campeonato Brasileiro de 2013, muitos clubes estão recorrendo à Justiça Desportiva, na tentativa de reverter alguns resultados. Os principais envolvidos são, como era de se esperar, os times que foram rebaixados, nesse caso específico, Vasco e Fluminense.

Caso a justiça decida a favor desses dois clubes, a tabela final do brasileirão pode mudar e rebaixar outros dois times, Flamengo e Portuguesa. O objetivo desse artigo não é defender ou prejudicar algum clube, apenas analisar o que pode acontecer caso a justiça intervenha nos resultados. O site barra tenta explicar agora cada uma das possibilidades, com base em matérias veiculadas no site do globo esporte.

De acordo com uma matéria publicada no site do Globo Esporte, o Fluminense pode escapar do rebaixamento e empurrar a Portuguesa, devido a um jogador escalado irregularmente pela Lusa. Expulso contra o Bahia, o meia Héverton cumpriu suspensão automática diante da Ponte Preta e foi julgado na última sexta-feira pela 4ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Pegou dois jogos de suspensão e deveria cumprir mais um contra o Grêmio no último domingo. Mas foi relacionado e entrou aos 32 minutos do segundo tempo do empate por 0 a 0 contra a equipe gaúcha.

A punição seria a perda de quatro pontos (três + o número de pontos conquistado no jogo), situação que rebaixaria a Lusa para a Segunda Divisão com 44 pontos e salvaria o Fluminense.

Veja aqui a matéria que fala sobre o possível rebaixamento da Lusa e a volta do Flu.

fla-x-portuguesaNo caso do Flamengo, a punição seria exatamente pelo mesmo motivo da Portuguesa.  A chance é mínima do rubro-negro cair, mas existe. O lateral-esquerdo André Santos, do Flamengo, também teria atuado de forma irregular na última rodada. Expulso contra o Atlético-PR na segunda partida da final da Copa do Brasil, o jogador foi outro a ser julgado na última sexta e pegou um jogo, mas mesmo assim enfrentou o Cruzeiro no sábado. André tinha ficado fora do jogo contra o Vitória, primeiro depois da final contra o Furacão, mas ele não contou como suspensão. Por ser partida de outra competição, ela não é tida como caso de automática. Somente após o julgamento da última sexta ficou caracterizada a necessidade de se cumprir a punição por parte de André Santos. A situação é descrita no artigo 171 do CBJD.

A possível perda de quatro pontos do Flamengo, deixaria o clube com 45 pontos, em 16º na Classificação Geral. Se for decidido assim, não teria nenhum problema para o Flamengo, mas outro recurso está no  STJD, o do Vasco. O time cruz-maltino tenta ganhar na justiça os 3 pontos da partida contra o Atlético – PR.

De acordo com o mesmo regulamento, o juiz poderia ter esperado 30 minutos, depois mais 30 e retornaria a partida se entendesse que a origem da paralisação estava sanada. Na súmula, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro marcou em sua súmula que a partida reiniciou 73 minutos depois, ou seja, 1 hora e 13 minutos de paralisação.

Caso o Vasco ganhe na justiça, ficaria com 47 pontos, empurrando o Flamengo para a 17ª posição, sendo rebaixado.

Veja aqui a matéria sobre o recurso do Vasco no STJD

Veja aqui o Regulamento Geral das Competições da CBF

Claro que são apenas especulações, mas no que depende da justiça desportiva, pode-se esperar de tudo, inclusive uma reviravolta. Nas matérias citadas acima, vários casos de reviravolta foram relatados, o que mostra que essa não seria a primeira vez. O próprio Fluminense não jogou a 2ª divisão em 2000.

Em outro cenário, caso Vasco ganhe os pontos, a Portuguesa perca 4 pontos e Flamengo não perca os pontos, quem cairia junto com a Lusa seria o Criciúma.

Bom, agora é com vocês leitores do SiteBarra? Comentem. Deixem suas opiniões.