lula-coser-cópiaO vereador Lula cozer (PPS), que frequentemente faz duras reclamações durante as sessões da Câmara, de que estaria sendo perseguido pela administração de Luciano Pereira, parece estar cada vez  certo disto.

No mês de setembro o vereador teria ouvido de um secretário municipal a seguinte frase: “Vereador você não pode ser atendido, isso é uma ordem do prefeito”. 

Já na última segunda-feira teria passado por uma situação semelhante quando foi procurar o secretário municipal de saúde Fabio Bastianelli. ” Estive o dia inteirinho de castigo na porta da Secretaria de Saúde, e eu só sairia de lá quando ele me atendesse. Já era 13 horas quando ele me atendeu e me disse que só estava fazendo o que o Luciano Pereira mandou. Da outra vez eu não quis falar o nome do secretário, mas dessa vez quero ver o Fábio (Batianelli) negar”, relatou o vereador na última sessão.

Mas o que poderia ser  apenas mais uma desabafo de um “Adversário Político”, torna-se uma situação cada vez mais constrangedora.

EdinhoTambém durante a sessão o vereador relatou uma “tirada” que o ex-prefeito Edinho lhe deu durante uma reunião na comunidade de Vila Palmares na quinta-feira, 5 dezembro. Segundo ele, após mais vez relatar a situação que vem passando durante esses meses de administração, sem apoio da prefeitura, recebeu uma resposta direta de Edinho: “Lula, Vila Palmares não tem crédito, não tem médico, não tem emenda como outros vereadores tem, porque você não faz parte da administração,  você tem que parar de picuinha com o Luciano, está chegando o natal”, teria dito o ex-prefeito.

 Após relatar as falas de Edinho Lula desabafou. “O Luciano está prejudicando a comunidade por minha causa. “Eu não posso ser vereador de distrito nenhum, se eu for o distrito não vai ter obras”.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+jose-valdeci-pt-vereador0-300x225José Valdeci (PT) saiu em defesa do colega parlamentar. ” As pessoas que não representam nada neste município, já representou, hoje não representa nada, tem que começar a respeitar o vereador que está eleito pelo povo. Não é por ser amigo do prefeito que tem que ser respeitado não, é porque tem pessoas que confiaram o vota a ele. A gente não vai em reunião pra ser analisado não, a gente vai pra fazer compromisso com o povo. Não cabe a ninguém fazer avaliação, a não ser a comunidade. Porque não avaliam que está faltando gasolina no carro do conselho tutelar?” 

Lembrando que mesmo “tirando” o vereador Lula, participando de reunião como um tipo de representante do prefeito, e até ocupando sala no pavilhão ao lado do também cassado Psiu, Edinho está impossibilitado pela justiça de ocupar cargo público, ele estaria  também “politicamente morto”  pois acaba de ser condenado mais uma vez ao lado de seu ex-secretário de saúde, Fred Sampaio.

Há tempos que os vereadores não aliados vem sofrendo com o fato de não pertencerem à administração. Frequentemente reclamam que os distritos os quais representam, não estão sendo atendidas, tão o pouco os pedidos de informações.

Segundo informações os secretários municipais teriam recebido ordens expressas de Luciano para não atenderem os vereadores não-aliados, a intenção seria que eles o procurassem diretamente, assim uma “troca” seria oferecida, do tipo: “me apoiem, que eu coloco a máquina a disposição, do contrário…”.

Agora Edinho e Fabio poderão até levar um “puxão de orelha” de Luciano por revelar o possível boicote.