BPM11 BA previsão do tempo para a região noroeste no dia de hoje (27.12.13) é de chuva passageira com predominância de sol na maior parte do dia. O cenário é, com certeza, o que representa o desejo dos moradores da região que desde o dia 18.12.13 passam pelo sofrimento causado por enchentes assustadoras, que se repetiram ao longo desses dias numa intensidade nunca antes registrada.

O 11º BPM – que atua nos municípios de B. S. Francisco (Sede), Ecoporanga, Água Doce do Norte, Águia Branca e Mantenópolis – disponibilizou o máximo de seu efetivo, que atuou em conjunto com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros no intuito de resgatar pessoas, salvar vidas e renovar esperanças.

Entre escalados e voluntários uma média diária de 45 a 50 homens se apresentaram e foram empenhados no serviço. Um total de dezoito (18) policiais tiveram suas residências invadidas por água, outros ficaram ilhados, mas nem isso serviu de empecilho para que aflorasse o sentimento de solidariedade. Muitos deles deixaram suas casas e partiram em busca de socorrer aos demais.

Um total de 06 (seis) barcos, a maioria deles cedido por moradores, e um do corpo de bombeiros foram usados nas ruas alagadas. Número expressivo de pessoas foram resgatadas de suas residências: desde crianças e grávidas à idosos.

Fora realizado também pelos nossos policiais um trabalho árduo de retirada de famílias de locais de risco, com casas condenadas pela defesa civil, e na maioria das vezes encontrava resistência dos moradores em retirar-se. Juntamente com Bombeiros, Defesa Civil, Conselho Tutelar e Assistentes Sociais, foi realizado um trabalho de convencimento, e cerca de duzentas residências acabaram sendo desocupadas.

Quarenta e seis (46) casas foram arrastadas pela força da água em Santo Agostinho, Distrito de Água Doce do Norte. Em Barra de São Francisco houve 05 (cinco) desabamentos, 02 (duas) casas arrastadas pelas águas e 211 (duzentas e onze) residências condenadas pela Defesa Civil.

 

BPM11Em Águia Branca, além de 01 (um) desabamento 03 (três) residências foram condenadas e a própria sede da 3ªCia/11ºBPM, foi invadida pelas águas e seu efetivo recebeu determinação para esvaziar o local, pois um barranco que a cerca apresentou fissuras com sérias possibilidades de ocorrer soterramento do local.

 

Passado o primeiro momento, o rastro de destruição deixado pela água é desolador. O efetivo continua em atividade participando da arrecadação e distribuição de roupas, alimentos e água. As sub unidades e pelotões do 11ºBPM foram colocados à disposição servindo como posto de arrecadação dos donativos.

 

Dados das Defesas Civis dos Municípios:

 

·         Barra de São Francisco:

População atingida pelas águas: 16604 (dezesseis mil e seiscentos e quatro) pessoas;

Pessoas Desabrigadas: 1049 (mil e quarenta e nove);

Residências Condenadas: 211 (duzentas e onze);

Residências destruídas: 13 (treze);

Foram 04 (quatro) Bairros totalmente alagados;

Mortes registradas: 02 (duas).

 

·         Água Doce do Norte:

Ø  Residências arrastadas pelas águas: 46 (quarenta e seis).

 

·         Ecoporanga:

Ø  Residências arrastadas pelas águas: 04 (quatro) – 01 (uma) no distrito de Juassuba e 03 (três) no Distrito de Santa Rita.

 

·         Águia Branca:

População atingida pelas águas: 1200 (mil e duzentas) pessoas;

Residências alagadas: 350 (trezentas e cinquenta);

Residências Condenadas: 03 (três);

Residência que desabou: 01 (uma);

60 % dos Estabelecimentos Comerciais foram atingidos pelas águas.

 

.    Mantenópolis:

Casas Condenadas: 06 (seis);

Pessoas Desabrigadas: 19 (dezenove);

Pessoas Feridas: 09 (nove);

Nos Distritos de São José e São Geraldo totalizam 40 (quarenta) casas condenadas.

 

 

Fonte/ foto: 11BPM