Ana_131016Globo e Ana Maria Braga, 64, foram condenadas a indenizar uma juíza em R$ 150 mil. A apresentadora e o canal perderam em 3ª instância o processo movido pela jurista, que se sentiu prejudicada ao receber críticas e ter seu nome divulgado no programa ‘Mais Você’.

Durante a exibição de uma matéria sobre o assassinato de uma jovem pelo ex-namorado, que se matou em seguida, Ana Maria criticou a decisão judicial que, antes do crime e do suicídio, chegou a garantir a liberdade provisória do homem, com histórico de agressões à mulher.

A apresentadora ainda pediu aos telespectadores que guardassem o nome da juíza – “como se esta tivesse colaborado para a morte da vítima”, segundo o acórdão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).

“Poderia ter havido crítica à decisão judicial referente ao caso ou, apropriadamente, à lei que a norteou, mas daí não se segue a autorização para o enfático destaque nominal negativo à pessoa da magistrada”, afirmou o ministro Sidnei Beneti , relator do caso.