DiscusãoHá algumas semanas os universitários tiveram reunidos com os vereadores para tratarem da possível ajuda da prefeitura com o transporte. No mesmo dia um projeto autorizando essa ajuda foi aprovado na câmara.

Durante a reunião os universitários ouviram do líder do prefeito Emerson Lima (PP), que Luciano Pereira tinha interesse em colaborar e que aceitaria reunir-se com representantes dos ônibus para discutir o assunto, inclusive, segundo Emerson tentaria marcar a reunião para a outra semana.

Só que durante essa argumentação, uma fala de Pablo Fernandes acabou esquentando os ânimos na sala. Na ocasião ele disse que não justificava o prefeito falar que estava economizando para a festa em outubro, já que tinham outras prioridades, como a ajuda ao abrigo e aos universitários.

Até que em um momento da discussão o vereador Mulinha disse uma frase no mínimo polêmica. Quando foi dito que caso os vereadores não se propusesse a ajudar, poderiam não o fazer e deixar com que a opinião pública decidisse. Ele respondeu: “A  opinião pública pra mim…”.

Passados 3 semanas, o encontro entre os universitários e Luciano Pereira ainda não aconteceu. Segundo um dos representantes dos universitários, a reunião foi marcada para o próximo dia 29 de julho.

Segundo informações, Luciano não teria ficado satisfeito com os rumos que a reunião tomou e por isso um melhor acordo entre prefeitura e universitários ficaria mais difícil.

Se isso for verdade a frase dita por Valézio Armani em relação a Luciano na reunião faria todo sentido. “Agente conhece o Luciano, sabe que se ele embirrar acabou”. Disse o vereador na ocasião.