A chuva afetou 23 municípios do interior do Espírito Santo e mais de 12,1 mil pessoas, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual na tarde desta quarta-feira (4). A cidade de Domingos Martins, na região Serrana, foi atingida por chuva de granizo, e Ibatiba, no Sul do estado, registrou cerca de 100 pessoas desabrigadas. Ambos decretaram situação de emergência.

Em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do estado, parte de uma casa desabou na tarde de terça-feira (3). Sete pessoas estavam no imóvel quando parte dele foi arrastado por um barranco. Sala, cozinha e varanda foram destruídas, mas ninguém se feriu.

Os demais municípios afetados foram Rio Bananal, Linhares, João Neiva, Aracruz, Bom Jesus do Norte, Nova Venécia, no Norte do estado; Colatina, São Roque do Canaã, Governador Lindenberg, Baixo Guandu, Laranja da Terra, Marilândia, Itaguaçu, Itarana e Santa Teresa, no Noroeste; Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina, na região Serrana; e Alegre, Piúma, e São José do Calçado, no Sul.

De acordo com a Defesa Civil, 1.029 pessoas estão desalojadas, 178 estão desabrigadas, 12 ficaram feridas e 562 residências foram danificadas ou destruídas.

Governo Federal

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, que estava de férias, foi convocado pela presidente Dilma Rousseff para socorrer estados afetados pela chuva, inclusive o Espírito Santo. O coordenador da Defesa Civil Estadual disse que o governo federal vai montar uma sala de situação com ajuda de geólogos e meteorologistas. “Isso vai nos ajudar nas ações de previsão e avaliação de riscos em encostas e situações adversas. Estamos esperando esse apoio, que ainda não veio”, completou.

O secretário do Ministério de Ciência e Tecnologia, Carlos Nobre, disse que está preocupado com as inundações de rios no Espírito Santo. “As preocupações são na região da Grande Vitória, no Espírito Santo, que já tem níveis altos de chuva acumulada com risco de deslizamentos e também enxurradas, e também a continuidade das chuvas na Bacia do Rio Doce e no Baixo Paraíba do Sul, com a probabilidade de aumento das inundações desses rios. Hoje e amanhã essas áreas devem merecer uma atenção muito grande”, afirma Carlos Nobre.

Contatos

No site da Defesa Civil Estadual o cidadão consegue acessar todos os contatos das Defesas Civis Municipais. O telefone da Defesa Civil Estadual é o (27) 3137- 4441 ou 3137-4440. A solicitação para atendimento também pode ser feita diretamente no plantão do Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) pelo telefone de emergência 193.