Apesar da chuva no Estado no último sábado 26 ainda não houve decretação de situação de emergência por parte dos municípios que já registram prejuízos. Barra de São Francisco, que ganhou status de ‘situação de maior relevância’ pela Defesa Civil Estadual, deve ser o primeiro município a ter o estado de emergência decretado, o que deve ocorrer na manhã desta quinta-feira. A Defesa Civil tem monitorado as regiões mais afetadas, dando suporte necessário à população atingida, juntamente com as defesas civis municipais e as prefeituras.

A situação de maior relevância ocorreu no interior do Espírito Santo, no município de Barra de São Francisco, onde devido ao risco de deslizamento de uma encosta, nos bairros Estrela e Cruzeiro, cerca de 50 famílias precisaram ser retiradas de suas casas. De acordo com a notificação preliminar da Defesa Civil Municipal, no total são 300 pessoas desalojadas, 18 desabrigadas e 600 afetadas. Também constam 10 edificações danificadas.