O pastor de uma igreja evangélica morreu em um incêndio na madrugada desta sexta-feira (16), no centro de Cachoeiro de Itapemirim. De acordo com os bombeiros, uma pastelaria, uma loja de artigos de 1,99 e o templo foram incendiados. Mesmo depois de sete horas de combate ao fogo, os bombeiros continuam no local para conter os focos de incêndio.

Pastor era paulista e tinha 32 anos

Segundo os bombeiros, o fogo começou por volta de 1h, mas ainda não sabem dizer da onde começou.

Fogo começou por volta de 1h da madrugada

Quando perguntado sobre o incêndio, o sargento Arnon Correia Pereira, do corpo de Bombeiros, declarou:

“A nossa preocupação foi isolar as outras lojas que ficam ao lado. Foi muito difícil porque a construção é antiga e as lojas ficam agarradas umas as outras. O fogo se alastrou rápido por ter óleo na pastelaria e plástico, na loja. Os dois materiais são altamente inflamáveis”.

A gerente da loja, Jaciane Correia, disse ter recebido uma ligação sobre o incêndio:

“O alarme disparou e me ligaram. Quando cheguei, pensei que estivesse tudo normal, pois, saía pouca fumaça. Mas na parte de trás, os bombeiros estavam trabalhando e vi tudo destruído”, contou a gerente, que ainda disse que o prejuízo é incalculável.

O estagiário Diego Rocha disse que os vidros da janela do quarto dele estouraram:

“Eu moro na rua de trás e acordei com muita fumaça. Vi a janela do meu quarto estourada. Fui até a rua onde ficavam as lojas e vi os bombeiros controlando as chamas. Nunca vi tanto fogo, foi assustador”, contou o estagiário.

Para controlar as chamas, foi necessário o trabalho de 15 bombeiros, além de caminhões pipas e hidrantes.