O menino Ezequiel Evangelista, de oito anos, que foi atropelado por um motorista embriagado em Piúma, não resistiu e morreu na noite deste domingo (4) no Hospital Infantil de Vitória. Ele ficou pouco mais de duas semanas internado. O condutor responsável pelo atropelamento continua preso.

O corpo de Ezequiel será velado na Igreja Deus é Amor do bairro Céu Azul, em Piúma, o mesmo onde a família dele mora. O horário do sepultamento não foi informado, mas também vai ocorrer no município.

O acidente aconteceu no dia 18 de outubro. A criança voltava da escola quando foi atingida pelo veículo, em cima da calçada. Segundo testemunhas, o menino foi arrastado por cerca de 20 metros e foi socorrido com uma fratura na perna.

Já o motorista fugiu sem prestar socorro. Testemunhas passaram informações sobre o suspeito à polícia, que conseguiu chegar ao trabalho dele. No local, o dono da empresa disse que havia dispensado o homem naquele dia, porque ele tinha problemas com álcool.

Em seguida, a polícia conseguiu localizar o suspeito dormindo no banco traseiro do carro, que estava estacionado no pátio da empresa.

À polícia, ele disse que sabia que havia atropelado alguém, mas que não parou por medo de represália da população. O suspeito ainda soprou o bafômetro, que deu positivo para o consumo de álcool. Ele está preso no Centro de Detenção Provisória de Marataízes.

Local onde Ezequiel foi atropelado, em Piúma — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Local onde Ezequiel foi atropelado, em Piúma — Foto: Reprodução/TV Gazeta