Por Nilo Tardin

Até parece mentira, mas o que de fato aconteceu não se sabe ao certo. Depois de passar o dia inteiro bebendo junto, a cachaçada entre dois amigos resultou numa situação no mínimo insólita. O cara matou o próprio amigo com quatro facadas certeiras no peito.

Por quê? A resposta pode parecer esquisita, mas foi isso que alegou: “ele pediu para ser morto; atendi prontamente, respondeu o acusado de homicídio qualificado Paulo Martins de Jesus (foto)”.

De acordo com a polícia José Alves dos Santos, o Zezinho Gasolina passou o dia bebendo cachaça em companhia de Paulo de Jesus. Em determinado momento Gasolina teria pedido ao amigo que matasse, sendo atingido com quatro facadas.

Paulo foi preso em flagrante. Está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina.