Por VozDaBarra.com

Os amigos pessoais do Secretário Municipal de Administração da Prefeitura de Barra de São Francisco, Manoel Paulo de Oliveira Neto, o Paulinho da Ótica, usaram as redes sociais para sair em defesa dele, após acusação de agredir uma merendeira.

Paulinho da Ótica é empresário. Já foi Presidente da CDL de Barra de São Francisco e atualmente é Secretário Municipal de Administração da prefeitura

Muitos de seus amigos disseram que Paulinho é uma pessoa calma e que não faria algo como o que foi dito pela merendeira.

Um dos primeiros a sair em defesa de Paulinho foi Clevernei Júnior, que é funcionário contratado da prefeitura, onde Paulinho é secretário. Segundo ele, não teve agressão nenhuma e que Paulinho  só segurou a merendeira pelo braço.

Outra amiga que defendeu Paulinho foi Polianny Patrício, que também é funcionária contratada da prefeitura. Segundo ela, Paulinho é uma pessoa calma.

Outros funcionários da prefeitura, como Renaldo Rebuli, que é comissionado, e Elvira Penha Cruz, Celetista, também saíram em defesa de Paulinho. Vários outros amigos do secretário, alguns atualmente contratados da prefeitura, também usaram as redes sociais para defender o colega.

Narzilene Barbosa de Souza na delegacia de Polícia Civil de Barra de São Francisco

A acusação

Marcas no pescoço da merendeira Narzilene Barbosa

A merendeira Narzilene Barbosa de Souza, acionou a Polícia para registrar uma ocorrência contra Paulinho da Ótica na última segunda-feira, 25 de junho de 2018. Segundo Narzilene, ela foi agredida no momento em que estava dentro da sala do secretário.

Narzilene deu entrevista em rádio e também conversou com o SiteBarra, onde contou o que aconteceu.

O outro lado

Paulinho não deu entrevista, mas um funcionário dele ficou encarregado de divulgar sua versão dos fatos. Segundo o funcionários, Paulinho disse que Narzilene teve um surto de raiva e invadiu sua sala.

Paulinho confirmou que a merendeira foi contida e colocada para fora da sala, contrariando algumas pessoas que o defenderam e disseram que ele não faria isso.

O caso segue na Delegacia de Polícia Civil de Barra de São Francisco.

 

Veja também

Imagens mostram marcas da agressão à merendeira em Barra de São Francisco

Paulinho da Ótica é acusado de agredir merendeira da prefeitura de Barra de São Francisco

Perseguição após denúncia

De acordo com a própria Narzilene, um dos motivos da perseguição contra ela é a denúncia que ela ajudou a fazer sobre o leite com data de validade vencida, encontrado na Escola João Bastos na semana passada. Veja aqui

Narzilene disse que não ia permitir que leite vencido fosse servido para as crianças e ajudou fazer a denúncia. A prefeitura assumiu que o leite estava com data de validade vencida, mas atribuiu ao jogo do Brasil na copa o motivo do leite estar armazenado no local. Veja aqui

Prefeitura

A prefeitura de Barra de São Francisco não comentou sobre esse fato, que aconteceu dentro da secretaria de Administração.

Fonte: VozDaBarra.com