Aproximadamente 6 mil militares vão atuar na segurança das eleições no Espírito Santo

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 2 de outubro de 2018
Regis Coelho


A Polícia Militar apresentou nesta segunda-feira (01) os números referentes ao reforço do policiamento nas eleições deste ano no Espírito Santo. No total, os 78 municípios do Estado vão contar com a atuação de aproximadamente 6 mil militares.

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Ramalho, o patrulhamento ostensivo será reforçado a partir das 22 horas do sábado (6).

A coordenação da operação conjunta acontece a partir do trabalho entre o TRE, Sesp, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal e Ministério Público Eleitoral, por meio do Núcleo de Combate aos Crimes e Corrupção Eleitoral (Nucoe).

Reunião

O planejamento elaborado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, liderada pelo secretário Nylton Rodrigues, foi apresentada ao desembargador Annibal de Rezende Lima, presidente do TRE-ES, nesta segunda-feira, na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, em Vitória.

Segundo Nylton Rodrigues, cada Comando Regional fez o planejamento para a segurança nas eleições, sob a tutela do Comando-Geral da Polícia Militar. Com isso, cada seção eleitoral foi mapeada para uma melhor organização em relação aos comandos responsáveis por sua vigilância.

Gabinete de Operações

Um gabinete de operações e decisões estará instalado na Sesp no dia da eleição, sob a coordenação do secretário de Estado da Segurança Pública, e será composto ainda pelo comandante-geral da PM, pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros e, também, pelo delegado-geral da Polícia Civil.

Outra novidade que estará instalada na Sesp é o Centro Integrado de Comando e Controle, com a presença de membros de diferentes instituições, que estará monitorando o andamento do pleito.

As ações de polícia judiciária ficarão a cargo da Polícias Civil e Federal. Os órgãos vão contar com seus delegados em todos os municípios do Estado, havendo assim atendimento de ocorrências e, também, o recebimento de denúncias de crimes eleitorais.

Crimes Eleitorais 

Denúncias de crimes eleitorais podem ser feitas pelo aplicativo do Pardal, disponível na App Store e na Play Store, e no site www.tre-es.jus.br. Em caso de outras intercorrências, a Polícia Militar pode ser acionar no Ciodes-190.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Polícia, Política, Região,