Prefeitura emite nota de esclarecimento sobre corte da Peroba no centro de Barra de São Francisco

NOTA REFERENTE AO CORTE DE UMA ÁRVORE NA RUA ASTROGILDO ROMÃO DOS ANJOS - CENTRO - BARRA DE SÃO FRANCISCO - ES

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 13 de setembro de 2018
Bruno V. J. de Jesus


A prefeitura de Barra de São Francisco emitiu uma nota de esclarecimento sobre o corte de uma árvore (Peroba), no centro da cidade. Após a autorização do corte, várias pessoas questionaram quais os motivos que levaram ao corte.

O SiteBarra procurou a prefeitura, que explicou que recebeu uma notificação do Ministério Público e que moradores da rua onde estava a Peroba encontravam-se apreensivos e com medo de que a árvore viesse a cair e destruir residências. A notificação do MP também solicitava cópia dos expedientes, ou seja, das medidas tomadas pela Prefeitura de Barra de São Francisco quanto à notificação.

Veja outras fotos do corte da Peroba

Veja abaixo a nota na íntegra

A Prefeitura de Barra de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, informa que o corte de uma árvore – de lei – (Peroba), na Rua Astrogildo Romão dos Anjos, nº 281, em um terreno de propriedade particular, nesta quinta-feira (13), teve parecer favorável da pasta, após notificação do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (Comarca de Barra de São Francisco), que recebeu reclamações, já apresentadas à Prefeitura de Barra de São Francisco em anos anteriores, pelos residentes próximos à mesma.

Com base no artigo 129, inciso VIII da Constituição Federal da República Federativa do Brasil, artigo 26, incisos II e IV da Lei de nº 8.652, de 12 de fevereiro de 1997 e Lei Complementar Estadual de nº 95/97, a notificação do MP encaminhada à Prefeitura de Barra de São Francisco, requisita diligências cabíveis e, caso necessário, a retirada da árvore, pois os moradores da referida rua encontravam-se apreensivos e com medo de que a árvore viesse a cair e destruir residências. A notificação do MP também solicita cópia dos expedientes, ou seja, das medidas tomadas pela Prefeitura de Barra de São Francisco quanto à notificação.

Assistindo ao caso, a Prefeitura de Barra de São Francisco avaliou o relatório técnico emitido pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Espírito Santo (IDAF), que em sua conclusão, deu parecer favorável ao corte da árvore.

Desta forma, prezando pelo meio ambiente, mas não menosprezando a vida humana, que deve estar sempre em primeiro lugar, a Prefeitura de Barra de São Francisco entendeu que “por haver sido comprovado o risco de queda da árvore, e devido as manifestações favoráveis do IDAF e do Ministério Público Estadual, com finalidade de se evitar dano irreparável ou difícil reparação”, concordou e deu parecer favorável à retirada imediata da árvore em 29 de junho deste ano de 2018.

Prefeitura de Barra de São Francisco, Estado do Espírito Santo
13 de Setembro do ano de 2018

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Geral, Manifestações, Região,