Madeira de Peroba centenária será doada para abrigo dos velhos de Barra de São Francisco

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 13 de setembro de 2018
Bruno V. J. de Jesus


Uma enorme Peroba, próximo ao Batalhão da Polícia Militar, no centro de Barra de São Francisco, foi derrubada esta semana. Foi usado um guindaste com alcance de mais de 50 metros de altura e vários homens, em um serviço que começou na terça-feira, 11 de setembro de 2018.

Veja mais sobre a Peroba em Barra de São Francisco

Um morador entrou com uma ação na justiça e disse que sua casa era atingida por galhos mortos da Peroba. O juiz deu a sentença autorizando o corte da árvore.

A árvore ficava na Rua Astrogildo Romão dos Anjos e segundo moradores, já estava ali muito antes deles chegarem.

Segundo a prefeitura de Barra de São Francisco, a madeira será doada para o Abrigo de Velhos David José Rodrigues, para construção de móveis.

Prefeitura emite nota sobre o corte da Peroba. Veja aqui

A PEROBA
Wikipedia

Árvore brasileira perenifólia, de desenvolvimento lento, de madeira dura, a peroba chega a atingir de 20 a 30 m de altura com o tronco ereto o que lhe confere a categoria de madeira de corte.

Tem folhas elípticas. As flores são esbranquiçadas ou esverdeadas. Apresenta folículos clavado-oblongos.

Nativa da floresta clímax, mas que também pode ser encontrada em formações vegetais abertas, a peroba fornece madeira de cor rosa, embora conste outro tipo de tonalidade alaranjado.

Ocorre nos estados da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia.

A super-exploração econômica levou a peroba-rosa ao estado de perigo. Para isso contribuiu a destruição dos ecossistemas da Mata Atlântica, seu bioma de origem, onde ocorre nas florestas latifoliada semidecídua e pluvial atlântica.

Veja também

Clube das Perobas está perdendo sua identidade

Clube das Perobas em alerta. Com fortes chuvas, árvore pode cair

Mortos de São Chico em trânsito: O dia em que os defuntos de Barra de São Francisco se mudaram

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Palavras-chave: ,

Veja outras matérias sobre: Destaques, Geral, Região,