Filho de policial assassinado no ES nasce no dia do aniversário do pai

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 13 de setembro de 2018
Caroline S. Menezes


A morte do soldado da Polícia Militar Walter Anderson Borges da Silva, 29 anos, completa um mês nesta quinta-feira (13). O militar completaria 30 anos no mesmo dia que nasceu o filho.

O pequeno Bryan acabou de nascer, mas já é muito querido pelo avô Bira, o aposentado William Gomes da Silva. “Não tenho a volta do meu filho, eu perdi ele. Então o Bryan pra mim vai ser um marco para minha vida que eu vou procurar preservar o máximo possível”, prometeu.

O nome do recém-nascido foi escolhido, em vida, pelo próprio pai. Ele nasceu com 3,9 quilos e 49 centímetros. A data do nascimento do bebê já era esperada pelo pai, que já havia feito uma programação caso realmente o fato acontecesse. “Se tivesse próximo do aniversário dele, ele iria fazer uma festa só, mas Deus não quis que isso acontecesse”, afirmou o avô da criança.

O policial foi assassinado no bairro Jardim Colorado, em Vila Velha. O crime que chocou os amigos e familiares, não teve nenhum suspeito detido até o momento. Segundo informações da Polícia Civil, o caso segue sob investigação na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.

O apelo do pai do soldado é que haja agilidade nas investigações. “Que agilizasse mais essa investigação, que está indo em passos lentos. Toda vez que vou na DHPP eles informam que a investigação está andando, mas a gente quer ver resultado”, pede o pai.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Estado, Geral, Polícia,