Em razão do surto da malária, Vila Pavão adia 21ª Pomitafro

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 8 de agosto de 2018
Letícia Monteiro


A prefeitura de Vila Pavão, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, confirmou nesta terça-feira (07), o adiamento da 21ª Pomitafro, que seria realizada entre os dias 26 de agosto e 02 de setembro.

Por meio de comunicado, o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Gil Leandro Breger Lauvers Paz, diz que o adiamento foi decidido mediante ao decreto nº 1.096/2018, de 06 de agosto, que declara Situação de Emergência em Saúde Pública em Vila Pavão em razão do surto de malária e, perante ao decreto nº 1.097/2018, que determina a proibição de eventos com aglomeração de pessoas no município até que seja realizada a contenção do surto.

O Esquenta para a Pomitafro, que seria realizado pela CDL na próxima sexta-feira (10), com carreata saindo do Posto Ferrari e passando pelo Centro da cidade, também foi adiado.

Números atualizados

Às 17.30 h desta terça-feira (7),  os coordenadores da força tarefa que combate a dengue em Vila Pavão,  divulgou um novo boletim atualizando os números da malária.  No dia de hoje, foram diagnosticados mais 12 casos,  com isso, o número de pessoas contaminadas em Vila Pavão passou de 50  para 62. Ao todo,  incluindo Barra de São Francisco, onde foram diagnosticados 18 casos,  o estado do Espírito Santo, contabiliza 80 casos confirmados da doença.

Situação de Emergência

No final da tarde de ontem, o Prefeito Municipal havia decretado Situação de Emergência em Saúde Pública no município,  em razão do surto de malária que acomete a cidade, criando ao mesmo tempo, a Sala da Situação com o objetivo de monitorar as ações administrativas de combate à doença.

A medida foi tomada pela Administração Municipal para ampliar as equipes que estão trabalhando no combate e monitoramento da doença. O Decreto assinado no final da tarde de ontem (segunda-feira, 6), pelo prefeito Irineu Wutke tem validade de 180 dias.

O decreto autoriza a adoção de medidas administrativas necessárias à contenção do surto, especialmente, a aquisição pública de insumos e materiais e a contratação dos serviços necessários ao atendimento emergencial à população.

Eventos após 17 horas estão proibidos

Na manhã desta terça-feira (7), o prefeito publicou outro decreto, desta vez,  proibindo eventos festivos, religiosos e esportivos com aglomeração de pessoas, após às 17h,  até que haja a contenção do surto de malária no território pavoense. A intenção é limitar a movimentação de pessoas de uma região para outra dentro do município, sobretudo, no horário de revoada do mosquito para evitar que o vírus da doença seja transmitido de uma pessoa para outra.

Com isso, todos eventos programados para os próximos dias, inclusive, eventos deste  fim de semana deverão ser adiados.  A 21ª Pomitafro, maior evento cultural da região, como já era esperado, foi adiada – uma nova data será divulgada, isso, após o controle do surto de malária pelas autoridades sanitárias que atuam no município.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Eventos, Geral, Manifestações, Região,