O caso do Papai Noel gigante no meio da avenida é pra ter viés político?

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 7 de novembro de 2017
Kelly Fernandes


Foto: Tiago Quirino

Por Tiago Quirino

A cidade amanheceu nesta terça-feira, 7 de novembro de 2017, com a constatação do término da decoração natalina, feita com itens de propriedade da prefeitura, trabalho voluntário e doações de empresários.

Pois bem, a bela iniciativa que comprovadamente movimenta o comércio durante as festas de final de ano, acabou não sendo o destaque do dia.

Acontece, que a comissão responsável pela decoração, por descuido acabou errando feio o local onde ficaria o elemento principal, o Papai Noel. O bom velhinho foi colocado em um semáforo no meio da Av. Prefeito Manoel Villá, entre a prefeitura e a Praça Senador Atilio Vivacqua. O fato causou um alvoroço na cidade e nas redes sociais, virou crítica, virou chacota, virou preocupação.

Até aí tudo bem, fato resolvido, só que não. A situação, como era de se esperar, acabou se enveredando para o viés político para alguns.

Não acostumados a aceitar críticas, alguns voltaram a falar de resultados da última eleição e apontar “perseguidores”, como se não tivessem a hombridade de reconhecer o erro grotesco narrado acima. Fato estranho, já que a própria comissão mista, formada por funcionários públicos e voluntários, reconheceu.

Após matéria no SiteBarra, confusão no trânsito, textões no facebook e algumas ligações a Prefeitura apresentou sua defesa: “Não era nossa responsabilidade a decoração”, e, logo em seguida falou na solução do imbróglio : mudar o boneco do Papai Noel de lugar, mas só quando anoitecesse.

Em um compartilhamento de um meme criado a partir do “Papai Noel guarda de trânsito”, o jornalista Elvécio Andrade foi acusado de só estar expondo a situação por questões políticas. O jornalista por sua vez respondeu: “Caso você não saiba ler, o Papai Noel não está na praça, Está no meio da avenida. E ninguém está falando de política aqui não. Só pessoas desinformadas argumentam uma crítica construtiva partindo para o lado de política.”

O fato a se destacar é que a prova de que o post de Elvécio não tinha a intenção de “fazer política”, e que o mesmo sempre foi crítico ferrenho da administração anterior. O que pareceu é que assim como muitos outros a reação dele foi consequência da falha grande cometida.

Mas diante de tudo isso, a pergunta que fica é: É possível fazer uma critica sem viés político e não se atacado por simpatizantes?

Fique atento aos próximos capítulos.

Leia também:

Após piadas e reclamações, prefeitura de Barra de São Francisco retira Papai Noel do “meio da rua”

Papai Noel “no meio da rua” em Barra de São Francisco já é polêmica entre moradores; entenda

Essa não é a primeira vez que situações envolvendo o município viram piada entre os internautas. Relembre alguns casos:

Nova estátua de agricultor em Nova Venécia vira piada na internet

Polêmica da ‘merenda azeda’ em Barra de São Francisco vira piada na internet

Cartaz da “Festa da Cidade” vira piada em Barra de São Francisco; entenda

Tamanho de mochilas entregues por prefeitura na BA vira piada na internet

Erro de grafia vira piada em Vila Pavão. O “CASTRAMENTO” biométrico

Doação de filtro usado vira piada na câmara municipal de Barra de São Francisco

“Nova rodoviária” de Barra de São Francisco vira piada na internet

Resultado das eleições em Barra de São Francisco vira piada entre os internautas

Vacas “passeando” pelo centro de Barra de São Francisco viram piada na web

Veja abaixo os comentários no Facebook

 

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Geral, Humor, Manifestações, Região,