Significado dos nomes das 78 cidades do Espírito Santo

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 12 de agosto de 2017
Letícia Monteiro


Sugestão de matéria: Júnior Borém

Confira abaixo o significado do nome de cada uma das cidades do Espírito Santo, em ordem alfabética.

1. AFONSO CLÁUDIO – Homenagem ao primeiro governador do Estado.

2. ÁGUA DOCE DO NORTE – Antigo hábito dos moradores de tomar um cafezinho ralo, mais parecia água doce.

3. ÁGUIA BRANCA – No brasão da Polônia há uma Águia Branca em destaque. Poloneses colonizaram o município.

4. ALEGRE – Cachorrinha, exímia caçadora, propriedade de João Teixeira da Conceição, fundador da cidade.

5. ALFREDO CHAVES – Em homenagem ao Ministro Alfredo Rodrigues Fernandes Chaves.

6. ALTO RIO NOVO – Descobriram um novo rio, no local foi criado o Patrimônio de São José de Alto Rio Novo.

7. ANCHIETA – O nome da cidade é uma homenagem ao Apóstolo do Brasil, Padre José de Anchieta.

8. APIACÁ – É uma espécie de marimbondo de notável agressividade que dá nome a cidade.

9. ARACRUZ – Significa Altar da Cruz.

10. ATÍLIO VIVÁCQUA – Em homenagem ao grande Jurisconsulto e Senador capixaba, Dr. Atílio Vivácqua.

11. BAIXO GUANDU – Confluência do Rio Doce e o Rio Guandu (guandu é uma planta encontrada em todo o Brasil).

12. BARRA DE SÃO FRANCISCO – Confluência dos Rios São Francisco e Itaúnas.

Centro de Barra de São Francisco

13. BOA ESPERANÇA – João Antônio do Livramento, vindo de Palmares/SE e tinha esperança de uma vida melhor.

14. BOM JESUS DO NORTE – Cidade ao sul do ES tem o nome por se encontrar ao norte do Rio Itabapoana.

15. BREJETUBA – O nome seria Brejaúba, como é chamada uma palmeira de espinhos encontrada na região.

16. CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM – Erro de grafia: O primeiro cachoeiro do rio Itapemirim dista da vila seis léguas.

17. CARIACICA – Provém da palavra carijacica, de origem tupi, que significa chegada do branco.

18. CASTELO – Existe, no município, uma montanha (Pico do Forno Grande) granítica que lembra um castelo.

19. COLATINA – Homenagem à mulher de Muniz Freire, Dona Colatina, que governou o Estado e foi Senador.

20. CONCEIÇÃO DA BARRA – Chamava Barra do Rio São Mateus e devido à padroeira, virou Conceição da Barra.

21. CONCEIÇÃO DO CASTELO – As serras dão a impressão de muralhas de um castelo e em homenagem à padroeira.

22. DIVINO SÃO LOURENÇO – Desbravadores da região, seguindo o rio Veado, chegaram ao Ribeirão São Lourenço.

23. DOMINGOS MARTINS – Homenagem a Domingos José Martins, capixaba participante da revolução pernambucana.

24. DORES DO RIO PRETO – Homenagem a padroeira Nossa Senhora das Dores e ao Rio Preto, que banha a cidade.

25. ECOPORANGA – Terra da prosperidade ou lugar onde se produz o eco de nhambu (ave do tamanho da perdiz).

26. FUNDÃO – Devido às águas profundas do rio que banha a cidade.

27. GOVERNADOR LINDENBERG – Homenagem ao ex-governador Carlos Lindenberg.

28. GUAÇUI – Guassu-y quer dizer rio veado.

29. GUARAPARI – O topônimo da cidade é lugar onde se armam redes para apanhar guarás.

30. IBATIBA – Vocábulo tupi que significa sítio onde há muita fruta.

31. IBIRAÇU – Significa Pau Gigante.

32. IBITIRAMA – No Tupi-Guarani significa conjunto de montanhas, serras, cordilheiras.

33. ICONHA – Origem indígena: água a arder, por haver, no Orobó a turfa, tipo de vegetal que deixa a água ácida.

34. IRUPI – Origem indígena e que tem os seguintes significados: amigo belo e águas branquinhas pequenas.

35. ITAGUAÇU – Origem tupi: ITA (pedra) e GUAÇU (grande). Pedra Grande.

36. ITAPEMIRIM – O topônimo da cidade é pequena extensão do caminho até a curva do rio.

37. ITARANA – Significa pedra da onça, em tupi, maneira como foi apelidada uma pedra local.

38. IÚNA – Significa Águas pardas.

39. JAGUARÉ – O nome vem da lagoa Jaguaré, em referência ao nome de um tipo de capim comum ao local.

40. JERÔNIMO MONTEIRO – O nome da cidade é uma homenagem ao ex-governador do Espírito Santo.

41. JOÃO NEIVA – Homenagem ao Deputado Baiano Sr. João Augusto Neiva.

42. LARANJA DA TERRA – Deparou-se com um pé de laranja muito rústico. Convencionou-se que era da terra.

43. LINHARES – Em homenagem a D. Rodrigo de Souza Coutinho, o Conde de Linhares.

44. MANTENOPÓLIS – MANTENA = terra boa e POLIS = cidade (cidade de terra boa).

45. MARATAÍZES – Palavra em tupi-guarani, com o significado “água que corre para o mar”.

46. MARECHAL FLORIANO – Homenagem a Marechal Floriano Peixoto 1º vice-presidente da República.

47. MARILÂNDIA – Nome escolhido por padres salesianos e vem de “Terra de Maria”, em inglês.

48. MIMOSO DO SUL – A cidade foi fundada onde existia a Fazenda Mimoso.

49. MONTANHA – Nome do córrego que nasce entre as montanhas de granito, que circundam a cidade.

50. MUCURICI – MUCURI = árvore que dá um fruto amarelado e ICI = sombra (sombra do mucuri).

51. MUNIZ FREIRE – Várias vezes Presidente da Assembleia Legislativa, Senador e Governador.

52. MUQUI – Vem de “mucuim”, tipo de mosquito Ou “miquin”, que seria um tipo de carrapato.

53. NOVA VENÉCIA – Em razão do número de italianos residentes, vindo de Veneza.

54. PANCAS – Palavra indígena que quer dizer “terra onde a raiz não penetra” (muito granito).

55. PEDRO CANÁRIO – Abre sua pensão e um pequeno comércio fundando assim o povoado.

56. PINHEIROS – Homenagem ao primeiro comerciante da região, José Pinheiro.

57. PIÚMA – É uma palavra tupi que significa “pele negra”.

58. PONTO BELO – Estabelecimento com uma bela paisagem onde as pessoas faziam suas refeições.

59. PRESIDENTE KENNEDY – Homenagem ao presidente americano John Fitzgerald Kennedy.

60. RIO BANANAL – Pela existência de alguns pés de banana às margens do rio que cruza a região.

61. RIO NOVO DO SUL – Tem esse nome por causa do rio que serve de limite municipal, ao sul e sudeste.

62. SANTA LEOPOLDINA – homenagem para a filha de D.Pedro Leopoldina.

63. SANTA MARIA DE JETIBÁ – Referência ao Rio Santa Maria e de uma árvore chamada jequitibá.

64. SANTA TERESA – Quando os imigrantes italianos chegaram ao local, era dia de Santa Teresa.

65. SÃO DOMINGOS DO NORTE – Bortolo, um agrimensor do Estado, chegou ao local para trabalhar num domingo.

66. SÃO GABRIEL DA PALHA – Uma povoação, cujas casas eram cobertas por palha.

67. SÃO JOSÉ DO CALÇADO – A população adquiriu uma imagem de São José e vieram juntas duas sandálias.

68. SÃO MATEUS – Em 1596, o povoado do rio Cricaré recebeu a visita do padre Anchieta no dia de São Mateus.

69. SÃO ROQUE DO CANAÃ – Foi adotado, em homenagem ao Vale Canaã e ao santo protetor das doenças.

70. SERRA – Localizada ao pé da serra ou do monte Mestre Álvaro.

71. SOORETAMA – Na língua indígena, quer dizer refúgio dos animais silvestres.

72. VARGEM ALTA – No município, em Prosperidade, foi extraído em 1957 o 1º bloco de mármore no estado.

73. VENDA NOVA DO IMIGRANTE – Mercearia reformada e chamada de venda nova. Cidade colonizada por imigrantes.

74. VIANA – O povoamento da região foi organizado pelo intendente Paulo Fernandes Viana.

75. VILA PAVÃO – Tropeiros pernoitavam na única casa da região e que tinha o desenho dessa ave na varanda.

76. VILA VALÉRIO – Homenagem ao médico polonês de nome Valério, abnegado no combate a febre malária.

77. VILA VELHA – A ilha de Vitória passou a ser chamada de Vila Nova e no Continente como Vila Velha.

78. VITÓRIA – Em função da vitória sobre os ataques indígenas em 8 de setembro de 1551.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Geral, Região,