Garoto de 16 anos afirma ter descoberto a cura para tipo agressivo de câncer de mama

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 1 de abril de 2017
Caroline S. Menezes


Krtin Nithiyanandam, de 16 anos, afirma ter descoberto a cura para um dos tipos mais perigosos de câncer de mama. O rapaz, que vive no condado de Surrey, na Inglaterra, acredita ter achado um jeito de reverter o câncer de mama triplo-negativo, até então sem cura.

O adolescente, que venceu a Google Science Fair em 2015 por ter criado um teste que detecta o Alzheimer 10 anos antes da doença se manifestar, vem trabalhando na pesquisa no laboratório de seu colégio.

“A maioria dos cânceres possuem receptores em sua superfície, o que faz que com sejam tratados com remédios. Mas o triplo-negativo não possui receptores, então nenhum medicamento funciona”, explicou ao ‘The Telegraph’.

A intenção de Krtin é retroceder a doença para um estágio anterior ao que a paciente se encontra. “O diagnóstico de mulheres com câncer indiferenciado, onde as células ficam presas no corpo de forma agressiva, não é muito bom. Então a solução é reverter a doença de volta ao estado em que é possível realizar um tratamento”.

“Temos que bloquear a proteína ID4 para permitir que o câncer seja diferenciado, que é a forma em que as células tendem a crescerem ou se multiplicarem de forma lenta. Encontrei um jeito de silenciar os genes que produzem ID4, o que leva a doença de volta a um estágio menos perigoso”, concluiu.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Geral, Mundo, Tecnologia,