EUA: adolescente acidentalmente se mata em transmissão ao vivo

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 16 de abril de 2017
Regis Coelho


Um garoto americano de 13 anos atirou em si próprio acidentalmente enquanto fazia uma transmissão ao vivo pelo Instagram no último dia 10. Malachi Hemphill foi levado para um hospital em Atlanta, mas não resistiu ao ferimento, de acordo com agências de notícias americanas.

A mãe do garoto, Shaniqua Stephens, afirma que o filho disparou a arma sem querer. Ao ouvir o disparo, ela e sua filha correram para o quarto do jovem e o encontraram caído em meio a uma “piscina de sangue” com o celular transmitindo tudo em tempo real.

Segundo a mulher, de 40 a 50 crianças da região correram para sua casa depois da tragédia na esperança de tentar salvar o rapaz. A mãe suspeita que todos acompanhavam a transmissão.

Ninguém da família soube dizer como Malachi conseguiu a arma. De acordo com informações extraoficiais, algumas pessoas que acompanhavam a transmissão de Malachi o alertaram que deveria travar a arma antes de manuseá-la, contudo ela disparou enquanto ele tentava fazer isso.

Desde a morte do filho, Shaniqua tem feito apelos tanto na internet quanto em reportagens pedindo para que os pais vigiem as redes sociais de seus entes queridos para que eles não sofram como ela.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Mundo, Polícia,