Jovem investe em geração de energia solar em Barra de São Francisco e garante economia em três casas

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 30 de março de 2017
Roberto Carlos da Silva (Robertinho)


Tempo de crise é tempo de otimizar recursos renováveis e diminuir custos. Com esse lema, o jovem Luciano Rodrigues de Lima foi pioneiro em utilizar um Sistema de Geração de Energia Solar em Barra de São Francisco.

Luciano investiu em uma alternativa sustentável em geração de energia fotovoltaica, que representa benefícios ao meio ambiente e economia no fim do mês. O sistema reduziu a conta de energia elétrica dele em mais de R$ 500,00.

Uma experiência que começou pequena e hoje é capaz de produzir energia elétrica para três casas. O investimento de Luciano foi alto, pois ele começou cedo, mas o jovem visionário diz que esses valores estão diminuindo bastante e que hoje é possível instalar as placas em casa com um custo bem menor.

Para uma casa onde moram quatro pessoas, por exemplo, com gasto aproximado de R$ 200,00, o investimento gira em torno de R$ 15 mil. “É um retorno certo, em aproximadamente 4 a 5 anos. Lembrando que a energia elétrica sobe todos os anos, então quem instalar um sistema desse ficará livre de aumento, pagando apenas a taxa mínima”, destaca Luciano.

Depois de adquirir experiência com o uso do sistema, Luciano tornou-se representante de uma empresa e hoje instala o equipamento em outras residências em Barra de São Francisco e cidades vizinhas.

“São placas solares que captam e convertem a energia do sol em eletricidade. Hoje faço um estudo de viabilidade à instalação e suporte técnico para a geração de energia solar em casas e empresas. Muitas pessoas já estão utilizando o equipamento, pois a economia é muito grande”, disse Luciano ao SiteBarra.

Para o consumidor as vantagens são enormes. Tudo o que é produzido é descontado do consumo e se produzir mais do que gasta, ainda pode usar essa diferença em outras contas.

“No final do mês o consumidor só paga o valor da diferença entre a energia consumida da rede pública e o que foi gerado pelo sistema solar. Se gerar mais do que gastou a diferença fica de crédito, que pode ser consumido no próximo mês ou em outras residências”, explica Luciano.

.

Os interessados podem obter mais informações com Luciano através do telefone (27) 9 9916-0285 ou no Salão Diplomata, dentro da rodoviária de Barra de São Francisco.

 

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Em Alta, finanças, Geral, Região, Tecnologia,