PMDB contou com ajuda de Alencar e Enivaldo para ganhar presidência da câmara de Barra de São Francisco

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 3 de janeiro de 2017
Tiago da Silva Martins


O PMDB foi o grande vencedor na disputa pela presidência da câmara municipal de Barra de São Francisco, mas não conseguiu somente por méritos próprios. Para vencer fácil a eleição, o partido precisou do apoio do prefeito Alencar Marim (PT) e do deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD).

Durante as negociações, o candidato de Alencar e Enivaldo era Juvenal Calixto Filho (SD), que ficou com a vice-presidência depois do acordo.

Para não ver o PMDB se juntar ao grupo de Luciano Pereira (DEM) na eleição da presidência, a saída foi Alencar e Enivaldo deixarem a presidência com Cabo Jonciclé. Como prêmio de consolo, ficaram com a vice.

Já o vereador Huander Boff (PSB) foi a grande surpresa da negociação. Alguns acham que ele foi “enganado”, pois já estava discursando como presidente da câmara. Para outros, Boff sabia de tudo desde o início e aceitou “fingir de candidato” para desviar a atenção enquanto Cabo Jonciclé garantia os votos.

Outra surpresa – para alguns é claro – foi ver o prefeito Alencar Marim apoiar Juvenal Calixto Filho. Mas quem acompanhou o desenrolar da história garante que o apoio não foi totalmente pela vontade de Alencar e sim por “um pedido” de Enivaldo. Será mesmo Alencar totalmente independente de Enivaldo como o PT pregou durante a campanha?

A política de Barra de São Francisco é cheia de surpresas. Muitas novidades ainda serão reveladas no decorrer do mandato. Ainda reina na cidade o lema “quem tem poder manda, quem tem juízo obedece”.

Vereadores que defendiam um lado com unhas e dentes passam a criticar e defender a oposição. E a desculpa é que tudo isso é para o bem da cidade… mas será alguém ainda acredita nessa conversa?

 

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Destaques, Política, Região,